19.6 C
Tamboré
segunda-feira, 27 maio 2024
Home Esporte Barueri renova parceria do Programa de Educação Paralímpica até 2024

Barueri renova parceria do Programa de Educação Paralímpica até 2024

0
Barueri renova parceria do Programa de Educação Paralímpica até 2024
O termo foi assinado pelo secretário da SDPD, Carlos Roberto da Silva (Professor Carlinhos), e por David Farias Costa, responsável pela coordenação do programa de Educação Paralímpica (Divulgação/Secom Barueri)

A Prefeitura de Barueri renovou, com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o termo de acordo de cooperação técnica do programa de Educação Paralímpica para a capacitação técnica na área da atividade física e do esporte voltada à pessoa com deficiência para os profissionais da educação física.

Com vigência até 2024, o projeto começou a ser desenvolvido em Barueri em 2019. Foi interrompido em 2020, por conta da pandemia da Covid-19. Nesta retomada, permite que profissionais de outras áreas façam o curso “Introdução ao Movimento Paralímpico”.

O objetivo do programa é difundir o movimento paralímpico e instrumentalizar o profissional da educação física. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Neste segundo semestre de 2022, o programa é retomado com dois cursos EaD: o já conhecido “Movimento Paralímpico” e o novato “Classificação Esportiva Paralímpica”. Presencialmente e on-line (ao vivo), os envolvidos participarão do curso “Modalidades Esportivas”, que compreende iniciação em Bocha, Vôlei Sentado, Goaball, Atletismo e Natação. Para o período de 2023 e 2024, está previsto o desenvolvimento das ações do Plano de Trabalho.

Referência em atendimento
Formado em pedagogia e ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos para Cegos (CBDC), David Farias Costa, que possui deficiência visual congênita, destacou que renovar o acordo de cooperação técnica com Barueri é muito importante para o Comitê. “Barueri já é referência no atendimento às pessoas com deficiência, porque permite a inclusão através do esporte. Estamos trazendo formação, cursos gratuitos para os profissionais de Barueri. A atividade física e o esporte são fundamentais para as pessoas com deficiência, pois melhoram a autoestima, contribuem para a inclusão social e outras possibilidades. Fazem com que a sociedade enxergue de uma maneira mais verdadeiramente digna”, destacou.

Capacitados
Antes da pandemia, foram capacitados 232 profissionais. De dezembro de 2019 a fevereiro de 2020, o programa desenvolveu o curso “Movimento Paralímpico” com Ensino a Distância (EaD). Já entre fevereiro e março de 2020 foi aplicado o curso presencial “Fundamentos e processo adaptativo”.