23.1 C
Tamboré
domingo, 23 junho 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Morador de Barueri ganha bolsa para festival de música clássica na Alemanha

Publicidade • Anuncie Aqui

O morador de Barueri, Gilvan Calsolari, de 26 anos, foi contemplado com uma bolsa de estudos na Alemanha para um dos maiores festivais da Europa de música clássica. Atualmente, ele toca viola, instrumento intermediário do violino e violoncelo.

Gilvan, que reside no bairro Vila São Luiz, está pedindo ajuda para os gastos com a viagem. “Como não tenho nenhuma instituição que me ajuda a ir para lá, o convite me dá direito a hospedagem e alimentação durante todo o tempo que ficarei lá, mas não tenho o recurso das passagens. Estou buscando apoio para conseguir”. Quem puder ajudar, pode entrar em contato pelo WhatsApp (11) 98268-6244.

O músico ressalta que vestirá a camisa do Brasil e de Barueri. “Eu saí de um projeto da cidade, comecei do zero, e ir para Alemanha é algo incrível. Os projetos que participei em Barueri foram muito importantes”, falou.

Gilvan com Manoel Macario, que foi seu professor em Barueri (Facebook)

Gilvan conta com orgulho que começou a estudar música na cidade, quando tinha sete anos. “Minha mãe tinha visto uma publicação no ônibus do projeto e me levou para começar as aulas, que era no subsolo do Teatro Municipal. Estudei nas bibliotecas e vários locais de Barueri até ir ser aluno em São Paulo da melhor professora do Brasil, a Elisa Fukuda, violinista”.

O músico participou das principais orquestras jovens de São Paulo, foi aluno da Academia de Música da OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), é Chefe de Naipe da Orquestra Mozarteum Brasileiro & OJESP e recebeu, no ano passado, também recebeu uma bolsa para a Alemanha.

Trajetória

“Fui para este festival, em 2022, na Alemanha e voltei com carta de recomendação. Agora, pela primeira vez, fui convidado a retornar. O evento acontece em um castelo no Sul da Alemanha, é um dos principais do país e vou poder fazer aulas com os melhores professores do berço da música clássica. É surreal”, comemora.

O talento de Gilvan chamou a atenção do primeiro violinista, principal depois do maestro, da Filarmônica de Munique, durante apresentação dele em São Paulo, quando tocava na posição de principal instrumentista do naipe. “Tinha um trecho que eu tocava sozinho, ele adorou e me escolheu para a bolsa do ano passado”.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-twitter

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também