16.4 C
Tamboré
quarta-feira, 17 julho 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Polícia Civil prende trio e desmonta duas “casas bombas” em Barueri

Publicidade • Anuncie Aqui

A Polícia Civil prendeu em flagrante na quinta-feira (1) dois homens, de 20 e 23 anos, e uma mulher, de 21, envolvidos na venda de drogas em Barueri. Na ação, duas “casas bombas”, imóveis usados para armazenar os entorpecentes, foram desmontadas. Ao todo, mais de 5,8 mil porções de drogas foram apreendidas, entre elas k9, skunk, ecstasy, maconha, cocaína, haxixe, as chamadas “dry” e “ice”, além de frascos de lança-perfume. A k9, também chamada de “spice”, é uma droga 100 vezes mais potente do que a THC (substância psicoativa) da maconha comum e causa um impacto devastador nos usuários, conhecido por “efeito zumbi”.

Durante as investigações, os policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (DISE) de Carapicuíba descobriram imóveis usados para guardar os entorpecentes que seriam distribuídos em outros pontos de venda da cidade e imediatamente foram até eles.

Em um deles, localizado no Engenho Novo, um homem, de 23 anos, tentou fugir ao ver os policiais, mas foi detido. Na casa, não foram encontradas drogas, mas dentro da bolsa em que o suspeito carregava quando os agentes chegaram, foram apreendidos 759 porções de entorpecentes, entre eles K9, maconha, cocaína e crack. Também foram apreendidos R$ 108 e um caderno com anotações da contabilidade da venda das drogas. O indiciado confirmou envolvimento no crime e foi detido.

Caiu caiu no Califórnia

No segundo endereço, no Jardim Califórnia, foram encontradas mais 100 porções de K9, além de três cadernos usados para contabilizar as drogas. Parte delas, estavam armazenadas com a mesma embalagem dos entorpecentes encontrada no primeiro local. O homem mais novo e a mulher foram presos lá. 

Na última casa, na Vila Universal, os policiais encontraram mais de cinco mil porções de drogas, entre elas, maconha, crack, K9 e cocaína. Lá, porém, não havia ninguém. 

O trio foi preso em flagrante e levado para a DISE de Carapicuíba, onde o caso foi registrado como tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-instagram

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também