19.6 C
Tamboré
segunda-feira, 27 maio 2024
Home Segurança Estado de SP suspende pagamento de salário de PM acusado de matar o lutador Leandro Lo

Estado de SP suspende pagamento de salário de PM acusado de matar o lutador Leandro Lo

0
Estado de SP suspende pagamento de salário de PM acusado de matar o lutador Leandro Lo
O PM Henrique é acusado de ter matado Leandro Lo com um tiro na cabeça, após uma briga durante um show de pagode em um clube (Reprodução)

O Governo de São Paulo suspendeu o pagamento de salário para o policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo, que é acusado de matar o lutador de jiu jitsu Leandro Lo.

A portaria do Comando Geral da PM que determina a medida foi publicada no Diário Oficial do Estado. A ação foi adotada por causa da decretação da prisão preventiva do acusado, no dia 7 de agosto. A suspensão é retroativa e é válida desde a data da decisão judicial.

“O policial está preso, nós abrimos um procedimento disciplinar e o salário dele está suspenso. E eu não tenho nenhuma dúvida que vai terminar o processo disciplinar com a expulsão dele. Isso não representa a Polícia Militar de São Paulo, isso não representa o esforço de treinamento e profissionalização da polícia”, disse o governador Rodrigo Garcia.

O PM se entregou na Corregedoria da PM no último dia 7 e está preso no Presídio da Polícia Militar Romão Gomes. Ele é acusado de ter matado Leandro Lo com um tiro na cabeça, após uma briga durante um show de pagode em um clube. O lutador chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Arthur Saboya, mas não sobreviveu ao ferimento.