18.4 C
Tamboré
sábado, 25 maio 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Prefeitura de Barueri confirma entrega do Hospital Regional até 1º de setembro

Publicidade • Anuncie Aqui

O novo Hospital Regional de Barueri “Rota dos Bandeirantes” deve ser entregue até 1º de setembro. A informação foi confirmada, com exclusividade, pelo secretário municipal de Saúde, Milton Monti, nesta terça-feira (15).

A previsão da prefeitura é de que o equipamento comece a funcionar em fevereiro de 2024. A Secretaria Estadual de Saúde afirmou à reportagem que o atendimento será iniciado no primeiro semestre do próximo ano, mas não detalhou a data.

Para turbinar ainda mais a saúde de Barueri, a gestão preparou um pacote de entrega de novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), além de reforma, para este ano.

As três novas UBSs estão sendo construídas no Jardim Belval, no Jardim Líbano e no Jardim Imperial; além da UBS do Paulista, que passa por reforma e ganhará revitalização da praça anexa ao local.

Monti ressaltou que a estrutura municipal de saúde da cidade está muito acima da média de qualquer município do Estado de São Paulo, mas que o objetivo é “sempre aprimorar”.

Entre as novidades, está a conquista de um equipamento para a realização do exame de cintilografia, uma técnica de diagnóstico por imagem de medicina nuclear usada para detectar várias condições ósseas.

“A deputada Bruna Furlan que vai propiciar. Devemos receber o recurso esse ano e a expectativa é de que comece a funcionar em 2024”, contou. A instalação poderá ser feita no Centro de Especialidades ou no Hospital Dr. Francisco Moran.

O Hospital

O hospital foi construído em um terreno de 64 mil metros quadrados, localizado na Avenida Aníbal Correia, entre os bairros Jardim Paulista e Parque Viana, abrangendo uma área construída de 41 mil metros quadrados, em uma estrutura metálica com fechamento em placas pré-moldadas.

A construção do hospital é fruto de uma parceria estabelecida em agosto de 2019 entre a Prefeitura de Barueri, que cedeu o terreno, desenvolveu o projeto e está investindo metade do valor da obra, e o governo estadual, responsável pela outra metade dos custos de construção e pelo funcionamento posterior da instituição. Até o momento, o Estado já destinou R$125 milhões ao município.

A estrutura do hospital compreenderá 360 leitos, oferecendo serviços de oncologia com quimioterapia e radioterapia, cardiologia, ortopedia, neurologia/ neurocirurgia e cirurgia bariátrica de alta e média complexidade, além de 442 vagas de estacionamento ao ar livre e 17 elevadores.

Capacidade

A estimativa da gestão é que o novo hospital tenha capacidade para realizar 1.100 internações e 580 cirurgias mensalmente.

Dentro do total de leitos planejados, 50 serão destinados a Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O Hospital Regional contará também com oito salas cirúrgicas, 16 poltronas de quimioterapia, 20 consultórios, leitos de Recuperação Pós-Anestésica (RPA), Pronto Atendimento com 28 leitos de observação, hospital-dia com 20 leitos e salas equipadas com tomografia e ressonância magnética.

Adicionalmente, o hospital estará equipado com tecnologia de ponta, incluindo acelerador linear, hemodinâmica e equipamento completo e digital em seu parque tecnológico.

Funcionários

Com relação aos funcionários, o Estado aguarda a finalização das obras para lançar um chamamento público para Organizações Sociais de Saúde (OSS), que seguirão o processo de contratação dos colaboradores.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-newsletter

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também