29.6 C
Tamboré
terça-feira, 23 abril 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Após um ano, Barueri atinge mais de 80% da população imunizada contra a Covid

Publicidade • Anuncie Aqui

Barueri completou um ano do início da vacinação contra a Covid-19 na quarta-feira (19). Na época, os profissionais de saúde na linha de frente do combate à pandemia foram os primeiros a receber as doses. Nesses 365 dias, a cidade angariou bons resultados. 

De acordo com dados desta sexta-feira (21) da plataforma Vacinômetro do governo de São Paulo, o município atingiu um total de 537.838 doses aplicadas, sendo 236.760 de primeira dose, 223.198 de segunda dose e 71.400 de reforço. 

A ferramenta da gestão estadual mostra ainda que 82,92% da população da cidade (276.982) está com o esquema vacinal completo com duas doses, ou seja, 229.678 pessoas já se imunizaram contra a doença. 

Além disso, segundo o ranking do governo de SP de aplicação por distribuição, consultado também nesta sexta-feira (21), Barueri tem o segundo melhor desempenho na comparação entre doses enviadas pelo estado e aplicadas, entre as cidades que compõem o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste). Foram considerados os municípios de Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba. 

“Sucesso absoluto”

 Em entrevista ao Jornal de Barueri, o prefeito de Barueri Rubens Furlan afirmou que, após um ano, enxerga a vacinação contra a Covid-19 na cidade como um sucesso absoluto. 

“A vacinação é um sucesso absoluto. Já aplicamos quase 600 mil doses. Em Barueri, só não se vacinou quem não quis. A vacina ficou e continua disponível para toda a população”. 

Novos casos 

Um aumento de casos da Covid-19 tem sido registrado na cidade nas últimas semanas. Segundo dados da Fundação Seade, de 2 a 8 de janeiro, foram  23 novas ocorrências da doença em Barueri, contra 46 do dia 9 a até quinta -feira (20), alta de 100%. 

Mesmo com esse cenário, Furlan afirmou que o município não tem anotado uma alta de óbitos pela doença. De acordo com o Seade, do dia 2 até esta quinta-feira (20), foram registradas seis novas mortes. 

“Mesmo com a alta, eu não estou tão temeroso, pois não está tendo óbitos. Nós chegamos a ficar 15 dias sem nenhum óbito no nosso hospital. Hoje, os casos de internações em UTI são daqueles que não tomaram vacina. O esquema vacinal está diretamente ligado a essas internações”, enfatizou.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-facebook

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também