Barueri monitora mais de 4,9 mil pacientes com doenças respiratórias

0
180
saúde Barueri
Pessoas com asma e bronquite podem sofrer mais com o tempo seco; recomendação é ir até uma UBS (Divulgação/Secom Barueri)

Apesar do inverno começar oficialmente no dia 21 de junho, a população já tem enfrentado picos de baixas temperaturas e tempo seco no município.

A gestão informou que há um aumento de buscas por atendimento médico nesta época do ano, principalmente por pessoas com problemas respiratórios.

Os especialistas explicam que, isso acontece porque a umidade do ar fica baixa, assim, as mucosas costumam ressecar e inflamar nestes períodos.

A Secretaria de Saúde de Barueri informou, a pedido da reportagem, que monitora 4.029 munícipes, que estão inseridos na “Linha Cuidado de Asmáticos na Atenção Primária à Saúde” e outros 931 na “Linha de Cuidado das Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas”, para os quais há um planejamento terapêutico, acompanhamento em todos os pontos da Rede de Atenção à Saúde. Isto porque, durante o outono e o inverno, podem apresentar problemas pontuais.

Segundo a prefeitura, nestes casos, a recomendação é se dirigir às Unidades Básicas de Saúde da cidade, que garantem o atendimento no próprio dia.

Período seco
O secretário municipal de Saúde, Dionisio Filho, explicou que, com a diminuição da quantidade de água no ar, as vias aéreas, que dependem da umidade equilibrada, ficam debilitadas e não conseguem auxiliar na defesa contra vírus e bactérias.

“O tempo seco descompensa problemas de pessoas que já realizam algum tipo de tratamento, como bronquite e asma. Essa condição climática eleva a concentração de poluentes, e pode aumentar em 50% o risco cardíaco de pessoas com alguma vulnerabilidade, como comprometimento coronário”, falou.

O risco aumenta porque para manter a pressão arterial com esses vasos dilatados, o coração precisa trabalhar e bater mais forte.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, (OMS) a umidade do ar (quantidade de água no ar) ideal compreende a faixa entre 50 e 80%. Mas, no outono e inverno, costuma ficar abaixo dos 30%.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.