Especial
21.5 C
Tamboré
sexta-feira, 1 março 2024
Especial
Publicidade • Anuncie Aqui

CertiSign dá três dicas para que consumidores não caiam em golpes durante a Black Friday

Publicidade • Anuncie Aqui

As expectativas do comércio online com a chegada da Black Friday estão altas, principalmente, diante de um consumidor interessado não somente em economizar, mas em ter o conforto de receber os produtos na porta de casa. Segundo uma pesquisa feita em setembro pelo Google, 67% dos brasileiros pretendem comprar na data. Além disso, sete em cada dez consumidores têm a intenção de gastar igual ou mais do que no ano anterior. 

Essa alta nas compras on-line, embora muito positiva para o comércio, pode abrir espaço para fraudes e golpes. De acordo com Márcio D’Avila, consultor técnico e especialista em segurança digital da CertiSign, os cibercriminosos estão cientes que consumidores estão ansiosos por bons preços e variedade de produtos e, por isso, se aproveitam das vulnerabilidades e falta de atenção dos compradores. Para evitar que as pessoas caiam nessas situações, o especialista da empresa, que é a maior autoridade certificadora do país, separou três dicas. São elas:

1 – Tenha certeza de que o site é seguro

O consumidor deve estar atento e verificar se os sites têm o certificado de segurança Secure Sockets Layer (SSL). O especialista explica que a ferramenta é responsável por garantir a navegação segura e redirecionamento de acesso aos portais on-line. “Comprar em locais certificados com SSL reforça a proteção de dados pessoais, evitando a clonagem de documentos ou perdas financeiras – por meio dos dados de pagamento”, diz D’Avila.

Existem algumas formas de o consumidor checar se o site é seguro ou não. Uma delas é observar se a barra de endereço do navegador tem o símbolo de um cadeado. Além disso, se o site começa com “https” ao invés de “http” no início do link. O consumidor também pode verificar se o site possui o certificado de segurança SSL por meio de ferramentas online.

2 – Cuidado com o phishing

D’Avila afirma que é importante ficar atento ao receber mensagens de promoções por e-mail e pelo celular. Uma das formas mais comuns de ataque, segundo ele, é por meio de links maliciosos, pois as iscas, geralmente, são promoções irresistíveis que, ao serem acionadas, podem resultar no roubo de seus dados pessoais.

Para evitar cair em armadilhas, o executivo orienta que sempre examine o remetente e o conteúdo da mensagem em busca de erros de português e digitação, bem como evite clicar em qualquer link que pareça suspeito. “É importante ter um cuidado dobrado com aqueles links que estão encurtados, o que torna difícil de verificar o redirecionamento. Também, ter atenção aos que contêm palavras que não fazem parte do nome ou slogan da empresa”, pontua.

3 – Cautela na hora do Pix

Para evitar problemas na hora do pagamento via Pix, o especialista da CertiSign indica ser crucial ter um antivírus no celular e, ao escanear o código, verificar cuidadosamente todos os dados, incluindo o nome da pessoa ou empresa e o valor, antes de confirmar a operação. “Outro ponto é que, sendo esse o último passo da operação de compra antes da entrega do produto, todos os passos anteriores devem ser seguidos – checar a segurança do site e evitar clicar em links de mensagens e e-mails recebidos”, diz.

Sobre a CertiSign

A CertiSign é a maior Autoridade Certificadora do Brasil e especialista em identificação e segurança digital. Desde 1996, desenvolve e integra soluções para uma experiência digital simples e segura, proporcionando às pessoas mais tempo e liberdade e às empresas redução de fraudes e de custos.

Ao longo dos anos, tornou-se sinônimo de inovação e confiança, emitiu mais de 15 milhões de certificados digitais e ultrapassou a marca de 2.200 pontos de venda em todo o Brasil e exterior.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-google-noticias

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Confira Também