16.4 C
Tamboré
quarta-feira, 17 julho 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Funcionários dos Correios conquistam reajuste salarial e desistem de greve às vésperas da Black Friday

Publicidade • Anuncie Aqui

Os funcionários dos Correios, que haviam anunciado uma paralisação pré-Black Friday, temporada de promoções que acontecerá nesta sexta-feira (24), anunciada por alguns sindicatos, não vai mais acontecer.

Em comunicado oficial, a empresa confirmou que entrou em acordo com os profissionais. Os Correios concederam aumento linear de R$250 para a maior parte do efetivo, um reajuste médio de 6,36% para mais de 71 mil empregados (83%), a partir de janeiro de 2024. Para parte dos empregados, a alta chega a 12%.

A empresa afirmou que está operando normalmente em todo o país, com 100% dos empregados presentes, todas as agências abertas e todos os serviços disponíveis.

Assembleias x medidas

Cinco dos 36 sindicatos dos Correios estão realizando assembleias, nos próximos dias, para decidir se haverá ou não paralisação parcial. Os Correios já preparou uma série de medidas para garantir a normalidade dos serviços caso as assembleias desses cinco sindicatos aprovem paralisação parcial e pontual, entre elas: contratação de mão de obra terceirizada, realização de horas extras, deslocamento de empregados entre as unidades e apoio de pessoal administrativo.

Pela primeira vez depois de 7 anos, em 2023 os Correios assinaram em mesa de negociação o Acordo Coletivo de Trabalho. Além disso, na segunda-feira (21), os Correios lançaram um programa de bolsa de estudos para que empregados de nível médio, como carteiros, atendentes e operadores de triagem e transbordo cursem a graduação de sua escolha. Já são mais de 1.140 inscritos.

Conquistas

Os funcionários conquistaram, além do aumento salarial, alta imediata nos benefícios de 3,53% – 100% do INPC, retroativo a agosto; abonos de R$1 mil em 2023 e de R$1,5 mil em janeiro de 2024; reembolso creche/babá de R$686,50; licença paternidade de 20 dias; 50% de antecipação do 13ºsalário; gratificação de quebra de caixa de R$256,22; licença maternidade de 6 meses; auxílio especial de até R$2.868,45; abono saúde de 10 dias, além de outros direitos que integram o acordo.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-facebook

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também