21.3 C
Tamboré
sexta-feira, 24 maio 2024
Publicidade • Anuncie Aqui

Barueri registra 33 casos de incêndios florestais só neste ano, aponta Corpo de Bombeiros

Publicidade • Anuncie Aqui

Segundo dados levantados pelo Corpo de Bombeiros, neste ano, Barueri já registrou 33 casos de incêndios florestais no município, enquanto em 2023 inteiro foram 80. 

A Defesa Civil de São Paulo alerta que as projeções meteorológicas para o estado podem favorecer a ocorrência de incêndios florestais. Entre as características do clima que devem contribuir para as chamas, estão as ondas de calor e a baixa umidade relativa do ar. O cenário é diferente do ano passado, quando a maior incidência de chuvas contribuiu para uma baixa ocorrência de incêndios.

“No ano passado, o que a gente tinha era uma atmosfera que estava respondendo de uma forma melhor ao período de seca e estiagem. Houve maior ocorrência de chuvas do que esperado. Já neste ano, estamos passando pelo El Niño. Por mais que ele esteja enfraquecido, ainda sofremos as consequências dele. As projeções mostram temperaturas acima do que é normalmente esperado para os meses de maio, junho e julho”, explica Vitor Takao Suganuma, meteorologista da Defesa Civil.

Para prevenir e combater os incêndios florestais, o governo paulista realiza a operação São Paulo Sem Fogo. Neste momento, as ações estão na fase amarela, de intensificação do trabalho preventivo e de preparação para enfrentar queimadas. A próxima etapa é a vermelha, na qual ações de combate ao fogo e de fiscalização repressiva são priorizadas e as estratégias de comunicação e campanhas ganham reforço. Essa fase ocorre entre os meses de junho e outubro, período de estiagem e maior incidência de incêndios.

A Defesa Civil pode ser acionada pelo 199 e o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Operação SP Sem Fogo

A operação SP Sem Fogo visa, dentre outras ações, diminuir os focos de incêndio no Estado, principalmente durante o período mais seco do ano, que vai de junho a outubro. A medida é uma parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil), por meio da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade (CFB), Segurança Pública e Defesa Civil do Estado.

Além disso, conta, também, com iniciativas e investimentos do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Fundação Florestal (FF), e Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA). Desde abril, as equipes da Defesa Civil têm realizado oficinas preparatórias para a operação em diferentes regiões do estado. As atividades incluem treinamentos de capacitação para agentes de defesas civis municipais que vão atuar nas ações de combate e redução dos incêndios florestais durante a estiagem.

Você sabia? O Jornal de Barueri também está no Google Notícias.
Inscreva-se agora e fique sempre atualizado com as últimas notícias.
show-notify-newsletter

JB Stories

Leia Também

Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui
Publicidade • Anuncie Aqui

Leia Também