Consumidores dizem que sofrem com falta de água e ‘descaso’ da Sabesp

0
212
Sabesp Barueri
Há relatos de imóveis sem água por dois dias seguidos (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

A reportagem do JB tem recebido com frequência reclamações de clientes da Sabesp, em Barueri. A maioria se queixa de falta d´água, demora no atendimento de serviços, como novas ligações, e ausência de respostas.

Nesta sexta-feira (27), uma consumidora, do bairro Vila Pouso Alegre, relatou que aguarda a ligação de dois novos relógios em seus imóveis, com pedido realizado em 16 de abril. O prazo inicial dado pela empresa para a realização do trabalho era de 15 dias, o que não foi cumprido.

A moradora já registrou reclamação inclusive na ouvidoria da Sabesp, em 18 de maio, mas até agora não teve o seu caso resolvido. Agora, o novo prazo, segundo foi passado à cliente é de 24 de junho.

Ela lamentou, “preciso da instalação destes relógios, pois não há outra empresa que possa efetuar o serviço no município e estou impedida de alugar as casas, por falta de atendimento da Sabesp”, disse.

Às 20h40, a Sabesp informou, por meio de nota, que “fez a instalação do hidrômetro no endereço citado. A Companhia pede desculpas por quaisquer transtornos e segue à disposição dos clientes”. O JB havia solicitado um retorno da concessionária, sobre a questão, às 12h.

Queixas

Um outro consumidor também enfrenta o mesmo problema na Avenida Presidente Washington Luiz (Jardim Silveira). “Não sabemos mais o que fazer, o meu medidor foi furtado e solicitamos a religação em abril, prometeram em até 48h e nada”, contou.

Há ainda outra reclamações feitas pelos leitores de falta de água e também vazamento, como por exemplo, Rua Diógenes Ribeiro de Lima (Jardim Belval) e Rua Guarani (Vila Pindorama).

Apesar disso, a concessionária afirma que o abastecimento segue normalmente nos locais citados.

Investimentos

A Sabesp destacou ainda que, de 2016 a setembro de 2021, realizou investimentos totais em água e esgoto de aproximadamente R$ 183 milhões em Barueri, incluindo o sistema de esgotamento Dom José e a ampliação da Estação de Tratamento em Barueri (que beneficiará demais municípios da região Oeste).

A implantação do Sistema Produtor e de Tratamento São Lourenço (com mais de 100 quilômetros de grandes adutoras) também beneficia a região e mais de 2,2 milhões de habitantes.

Os consumidores podem entrar em contato com a empresa pelos telefones 195 e 0800 055 0195 (ligações gratuitas), ou pela Agência Virtual no site.

Denúncias

Os clientes podem denunciar problemas relacionados ao abastecimento de água e demais serviços da concessionária para a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), pelo telefone 0800-7716883. O Procon de Barueri, que fica no Ganha Tempo (Avenida Henriqueta Mendes Guerra, 550), também recebe reclamações (4199-1324).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.