Barueri registra seis casos de varíola dos macacos e região chega a 44

0
315

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, com dados desta quarta-feira (3), Barueri chegou a seis casos confirmados de Monkeypox, conhecido popularmente como varíola dos macacos. Na semana anterior, eram quatro ocorrências.

Na região já são 44 notificações, sendo oito em Carapicuíba, sete em Cotia, 11 em Itapevi, um em Jandira e 17 em Osasco. Santana de Parnaíba segue sem registros. Em todo o Estado de São Paulo, há 1.184 casos confirmados.

O vírus da Monkeypox faz parte da mesma família da varíola e é importante salientar que o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. A transmissão ocorre entre pessoas e o atual surto tem prevalência de transmissão de contato íntimo e sexual.

Prevenção 

– Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele;

– Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença;

– Higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel;

– Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais;

– Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes.

Sintomas 

– O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;

– Caroço no pescoço, axila e virilhas;

– Febre;

– Dor de cabeça;

– Calafrios;

– Cansaço;

– Dores musculares.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.