Barueri anota mais um caso de varíola dos macacos e na região número sobe para 31

0
620
varíola dos macacos barueri
Doença causa feridas na pele, febre, cansaço e outros sintomas (Freepik)

O número de pessoas contaminadas pela varíola dos macacos em Barueri aumentou para cinco, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Na região, agora, são 31 ocorrências confirmadas sendo cinco em Barueri, quatro em Carapicuíba, três em Cotia, dez em Itapevi, um em Jandira e oito em Osasco; sendo uma criança. Na segunda-feira (25), eram 20 casos, ou seja, em quatro dias, foi contabilizada alta de 55%.

Em todo o Estado há 818 notificações. Segundo a Secretaria, “todos estão em isolamento domiciliar e com bom estado clínico, acompanhados pelas Vigilâncias Municipais e Estadual”.

O Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira (29), a primeira morte relacionada à doença no Brasil. Em nota, a pasta informou que a vítima era um homem, de 41 anos de idade, que já tratava outras doenças, incluindo um câncer, o que ocasionou o agravamento do seu quadro de saúde.Ainda de acordo com o Ministério, o homem, que não teve o nome divulgado, estava hospitalizado em Belo Horizonte, onde sofreu um choque séptico, agravado pela varíola dos macacos.

O vírus da Monkeypox faz parte da mesma família da varíola e é importante salientar que o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. A transmissão ocorre entre pessoas e o atual surto tem prevalência de transmissão de contato íntimo e sexual.

Prevenção 

– Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele;

– Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença;

– Higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel;

– Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais;

– Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes.

Sintomas 

– O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;

– Caroço no pescoço, axila e virilhas;

– Febre;

– Dor de cabeça;

– Calafrios;

– Cansaço;

– Dores musculares.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.