Em Barueri, governador anuncia retomada do Corredor Oeste e início das obras da Castello

0
412
governador Rodrigo Garcia Barueri
O prefeito Furlan e sua esposa, Sônia, além da deputada Bruna Furlan e Rubinho, filhos do gestor e o vice-prefeito Beto Piteri participaram do evento (Governo do Estado de São Paulo)

O governador Rodrigo Garcia afirmou, durante evento que aconteceu hoje (16) no Centro de Eventos de Barueri, que as obras de expansão da Rodovia Castello Branco serão iniciadas ainda em maio. O encontro fez parte da iniciativa “Governo na Área”, que busca intensificar as relações institucionais entre o estado, prefeituras e câmaras.

Segundo Garcia, “a concessionária CCR ViaOeste, que fará a obra, está no processo de contratação da construtora”, contou. A Rodovia passará por melhorias do km23 ao km32, com nova faixa e pontes sobre o Rio Tietê. De acordo com o Governo do Estado, a previsão é de que as obras custem R$815milhões e sejam totalmente concluídas em três anos.

Outro projeto esperado há anos, que promete dar um fôlego no congestionamento da região, o Corredor Oeste Metropolitano, será retomado. “No próximo mês, nós vamos dar continuidade na obra do trecho de Carapicuíba, onde estava parada. Em julho, contrataremos o projeto executivo do Corredor para dar seguimento até o bairro Vila Yara, em Osasco”, garantiu.

O governador explicou que a gestão enfrentou dificuldades para realizar a remoção de pessoas que residiam onde a obra vai passar. “Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal autorizou que fizéssemos a remoção por meio do aluguel social destinado às famílias”.

O Corredor Oeste Metropolitano

O corredor passará pelos municípios de Itapevi, Jandira, Barueri, Carapicuíba, Osasco e São Paulo. O traçado começa junto à Estação Itapevi, da CPTM, até Terminal Amador Bueno (Vila Yara), na divisa entre Osasco e São Paulo.

O novo sistema, com 23,6km de extensão, promoverá maior mobilidade à população por conta de sua integração com a rede metroferroviária. Serão construídos novos terminais, estações de transferência, estações de embarque e desembarque e outras intervenções urbanas. O projeto pode ser conferido pelo link.

Investimentos na região

Entre os investimentos para a região, o governador e a Sabesp autorizaram para o início da segunda fase de obras a implantação do Sistema Gênesis, trata-se da construção de um reservatório de 10 milhões de litros e a execução de 5,2 quilômetros de adutora de água tratada em Santana de Parnaíba.

O custo será de R$82,9milhões e a previsão de conclusão é para dezembro de 2024.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.