Polícia Ambiental de Barueri efetua prisões por soltura de balões

0
547
polícia ambiental barueri
Ocorrência aconteceu em Itapevi, haviam cerca de 150 pessoas no local (Divulgação/PMI)

A Polícia Ambiental de Barueri prendeu e autuou os organizadores de um baile, que estavam soltando balões em um sítio na Estrada Lucinda de Jesus Silva, nas Quatro Encruzilhadas, na cidade Itapevi, no último sábado (23).

Os agentes chegaram ao local, por meio de denúncia anônima. No estabelecimento estavam cerca de 150 pessoas, eles avistaram um balão já no ar e outros dois sendo erguidos com a utilização de fogo, botijões de gás e maçaricos.

A operação contou com o apoio das equipes de Fiscalização e Posturas da Prefeitura de Itapevi, que lacrou o local.

Os participantes do evento tentaram fugir, mas foram impedidos pelo policiamento de área do 20º BPM/M, chamados para darem apoio à ocorrência.

Foram apreendidos três balões completos, um veículo Iveco Daily, botijões de gás, maçaricos, rolos de corda sisal, oito quilos de vela, roupas personalizadas, além de outros itens.

Ocorrências no Estado

De acordo com os dados da Polícia Militar Ambiental, de janeiro a junho, foram 121 registros, ante 43 de todo o ano anterior.

O número de pessoas autuadas por fabricar, vender, transportar ou soltar balões no primeiro semestre de 2022 já é três vezes maior do que em todo o ano passado.

O número de apreensões de balões também está em alta. Até junho deste ano, foram 62 casos, o corresponde a 55% das ocorrências de todo o ano passado.

Segundo a corporação, o aumento pode estar ligado ao fim das restrições geradas pela pandemia da Covid-19. O retorno das aglomerações e festas juninas podem ter contribuído para o resultado.

Crime

Manusear balões no Brasil é crime ambiental e pode render de um a três anos de prisão e multa. No Estado de São Paulo, há leis também que visam combater a prática, conscientizar sobre os perigos e impedir incêndios e queimadas em florestas, por exemplo.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.