Aulas presenciais na rede municipal de ensino voltam no dia 2 de agosto

7
5018
Furlan afirmou que escolas estão sendo preparadas para a retomada das atividades. (Foto: Benjamim Sepulvida/Secom Barueri )

Informação foi dada pelo prefeito de Barueri, Rubens Furlan, com exclusividade à reportagem

Dia 2 de agosto. Essa deve ser a data para o retorno às aulas presenciais na rede municipal de ensino de Barueri. Foi o que revelou o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, com exclusividade ao Jornal de Barueri. Há mais de um ano, os alunos realizam as atividades de forma on-line por conta da pandemia da Covid-19. 

Inicialmente, as aulas seriam retomadas em junho, após uma reunião entre o prefeito, o presidente do Sindicato dos Professores das Escolas Públicas Municipais de Barueri e Região (Siproem Barueri), Ademir Segura, secretário de Educação, Celso Furlan, e a Vigilância Sanitária. Porém, poucos dias depois, Furlan anulou a decisão. 

“Agora eu já decidi. Tudo o que eu tinha para falar, eu já falei nos últimos dois meses, inclusive com o sindicato, com os professores. Vacinamos todos os profissionais da educação e eu entendi que eles teriam que decidir sobre essa volta juntos. Na época, eles me falaram que seria no começo de agosto, segundo semestre. A partir daí, nós começamos nos preparar para o dia 2 de agosto, que será uma segunda-feira. Está cravado”, apontou o gestor. 

Ainda segundo Furlan, todas as unidades escolares já estão sendo preparadas para a volta às aulas presenciais. “Nós já providenciamos todas as coisas, máscara, álcool gel, vamos fazer a desinfecção das classes e vamos começar com 100% dos alunos”, explicou. 

Enquete 

Uma enquete feita nas redes sociais do JB nesta quinta-feira (22) revelou que os moradores da cidade estão divididos em relação ao retorno às aulas presenciais nas escolas. Isso porque, na pesquisa, 50% das pessoas responderam que acham que este já é o momento ideal para retornar às atividades. Os outros 50% disseram que não. 

Além disso, 47% dos moradores responderam que se sentem seguros para mandar seus filhos (as) para as escolas e 53% não. Mais de 430 pessoas participaram da enquete realizada pela reportagem.

7 COMENTÁRIOS

  1. Prefeito de Facebook, seja gestor e comande a cidade, da atenção a uns “renda garantida” e atrapalham o.que realmente precisam da escola para ir ao trabalho com suas crianças seguras…se fechar de novo, não será novidade… sempre a frente, não sei onde.

    • Muitos “responsáveis” estão equivocados sobre a questão do retorno presencial às aulas e sobre a real função da escola, escola não é lugar para deixar crianças para que seus responsáveis possam fazer suas atividades, mas sim, lugar para promover o conhecimento e o desenvolvimento da vida acadêmica, não está fácil para ninguém, afinal a pandemia não acabou, os professores estão trabalhando incansavelmente para cumprir com a demanda de trabalho que só vem aumentando, mas mesmo assim, não é hora desse retorno presencial, pelo contrário, esse retorno só tende infelizmente reduzir a qualidade de ensino que cairá ainda mais, esse retorno é um engodo, porque o aluno que cumpria seu papel de aluno antes da pandemia continuou do mesmo modo, a única diferença é o espaço físico, os alunos iam à escola, agora a escola vai ao aluno.

  2. Acho que o senhor tem uma ideia equivocada de escola, escola não é para deixar crianças para os responsáveis fazer suas atividades, escola é para construir uma vida acadêmica, repense seus conceitos!!!!!

  3. O prefeito prometeu ouvir os profissionais de educação de Barueri antes de uma decisão, mas ouviu o ministro de Bolsonaro. Lamentável que as nossas crianças e profissionais sejam expostos por interesses políticos.

  4. Acho o cúmulo do absurdo isso a escolha diz que não sabe que está esperando resposta que resposta gente só que uma dia antes de começar as aulas ela manda que ela é suspensa sendo que eu não sabia que ia começar acho que a escola tem que comunicar os pais com antecedência que gestão é essa a escola de qual eu falo é onofra da Silva Nunca eles sabe de nada
    Não ouvi os pais tão nem ai para trabalhar em um escola eles precisam de mais

  5. Tá certo mesmo, volta c as aulas presenciais ninguém quer, mas deixar o filho jogando bola e pipa na rua todo eles deixam

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.