Professores e servidores públicos de Barueri terão reajuste salarial em 2022

0
559
Em entrevista, o prefeito Rubens Furlan afirmou que o reajuste salarial foi possível graças ao corte de gastos de obras. (Foto: Benjamin Sepulvida/Secom Barueri)

Segundo a prefeitura, para educadores, o aumento será de 29,62% e para as demais categorias do funcionalismo público, 10%

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan, anunciou que, em 2022, professores da rede municipal de ensino e demais servidores públicos da cidade terão reajuste salarial. Nesta semana, o projeto de lei foi enviado à Câmara Municipal e os valores já estão previstos no orçamento do próximo ano. A novidade já tinha sido adiantada pela reportagem do Jornal de Barueri em outubro. 

Segundo informações da gestão, para os educadores, o aumento salarial repassado será de um total de 29,62%. Com essa mudança, a hora-aula no município passará de R$19 para R$25. A prefeitura anunciou também que a categoria receberá o maior reajuste em comparação a todas as cidades da Grande São Paulo. 

“Os nossos professores são a base da educação. Merecem todo o nosso respeito e valorização. Esse aumento salarial nada mais é que o reconhecimento desta classe tão importante para toda a sociedade”, destacou Celso Furlan, secretário de Educação de Barueri. 

As demais categorias do funcionalismo público da cidade também terão aumento salarial, em que o reajuste concedido será de 10%. O valor vai além do repasse da inflação, que tem previsão de fechar por volta de 9,17%, de acordo com estimativas do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

Os reajustes salariais começam a valer a partir do dia 1º de janeiro de 2022. 

Reajuste 

Em entrevista ao Jornal de Barueri, o prefeito Rubens Furlan afirmou que o reajuste salarial para professores e demais servidores públicos foi possível graças ao corte de gastos de obras que não eram prioritárias naquele momento. 

“Foi possível direcionar esses recursos para a folha de pagamento. Era mais prioridade aumentar o salário do servidor, valorizar o funcionalismo que ficou sem reajuste no salário por conta de determinação federal”, apontou. 

O gestor enfatizou ainda que acredita que com a ação gira também a economia do município. Cerca de 15 mil funcionários serão beneficiados com a medida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.