Pandemia faz dobrar casos de ansiedade

0
257
Esteja atento, ao identificar os sinais e sintomas como repetição incessante de pensamento, insônia, falta de concentração, aumento ou falta de apetite, tremores, crises de choro, irritabilidade e preocupação excessiva

A ansiedade tem sido o transtorno mais comum durante esse período de pandemia e grande parte da população tem sofrido intensamente com isso. As incertezas que geram medo do amanhã, o medo da contaminação, a insegurança quanto ao cenário socioeconômico, as perdas sofridas, tudo isso corrobora para o desencadeamento das crises de ansiedade, resultando em desajustes emocionais totalmente prejudiciais à saúde mental.

Considero muito importante destacar que o transtorno de ansiedade quando não tratado tende a se intensificar podendo levar a outros comportamentos destrutivos. Esteja atento, ao identificar os sinais e sintomas como repetição incessante de pensamento, insônia, falta de concentração, aumento ou falta de apetite, tremores, crises de choro, irritabilidade e preocupação excessiva, não ignore. Seu corpo está te dando sinais de que algo não vai bem com sua mente.

Fingir que nada está acontecendo ou se automedicar não é o suficiente, muito menos a solução, além do mais, a medicação deve ser feita apenas sob prescrição médica e aliada a um acompanhamento psicoterápico.

Com a ajuda de um psicólogo você encontrará a possibilidade de identificar o que desencadeia essas crises e assim tratar não apenas os sintomas, mas as causas para que não ocorra a repetição deste sofrimento.

Percebe como é imprescindível voltar a sua atenção ao cuidado com sua saúde mental? Faça isso para que você aprenda a administrar suas emoções, gerenciar seus pensamentos e elaborar o que você tem sentido. Não naturalize os sinais e sintomas, nem tenha vergonha de pedir ajuda, este é um cuidado necessário e só contribuirá para sua evolução, amadurecimento emocional e qualidade de vida. Faça isso por você!

Psicóloga clínica a clínica especializada no atendimento de mulheres, crianças e adolescentes. cam[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.