Novo projeto habitacional será construído no Bairro dos Altos, afirma Furlan

0
849
Segundo a prefeitura, neste momento, o projeto está passando por diversos estudos. (Foto: Divulgação/Secom Barueri)

Segundo o prefeito Rubens Furlan, serão feitas, pelo menos, mil unidades e a meta é entregá-las até o fim do mandato

Nesta segunda-feira (21), o prefeito de Barueri Rubens Furlan anunciou a criação de um novo projeto habitacional no Bairro dos Altos. Segundo o gestor, serão construídas, pelo menos, mil unidades e o objetivo é entregá-las até o fim do mandato. 

“É um local espetacular, daqui vemos uma área de preservação ambiental, muitas árvores e temos 700 apartamentos que serão vizinhos destes novos. Essa política habitacional será feita com recursos de Barueri, não será do estado. Vamos economizar, seguir com uma administração financeira do jeito que estamos fazendo, sem prejudicar os outros projetos sociais que estamos desenvolvendo”, afirmou Furlan em vídeo nas redes sociais. 

Ainda segundo ele, essa nova obra vai contribuir também para a geração de empregos na cidade. “Com esse investimento, vamos gerar empregos. Imagina quantas pessoas da construção civil vão trabalhar nesse projeto diretamente. Essa é a nossa função, é a nossa contribuição”, disse. 

À reportagem, a prefeitura informou que, neste momento, o projeto está passando por diversos estudos, entre eles, topográficos e ambientais, e que o conjunto deve ser construído em uma área próxima de 200 mil metros quadrados. 

“O principal objetivo é zerar o aluguel social na cidade, oferecendo moradia, primeiramente, às pessoas que têm esse benefício. No futuro, será aberto cadastro às demais pessoas sem moradia e classificadas nos critérios de baixa renda”, destacou a gestão. 

Outros projetos 

Desde 2019, está em andamento a construção do Conjunto Habitacional no  Engenho Novo. Em fase final, as unidades serão distribuídas por sorteio entre as pessoas com direito à moradia assegurado por lei. 

Serão 192 apartamentos com um e dois dormitórios, além de sala, cozinha, área de serviço e varanda. O conjunto está sendo construído em um terreno que mede, no geral, 18.623 metros quadrados e a área construída será de 9.990,28 m². 

“Estão sendo feitos estudos em áreas menores da cidade para moradias voltadas a públicos específicos, como idosos e pessoas com deficiência, que exigem projeto térreos. Mas ainda são apenas estudos”, afirmou a gestão. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.