Nos últimos anos, cidade registra baixo número de óbitos maternos

0
213
Em 2018, o município barueriense apresentou um índice de mortalidade materna de 17,30, o equivalente a uma morte. (Foto: Divulgação/PMB)

Em 2019, não houve nenhuma morte em Barueri. Nesta semana, foi celebrado Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna

Segundo informações, a cada cinco horas, uma mulher morre devido a complicações gestacionais, principalmente, eclâmpsia, hemorragia e infecção puerperal. Para conscientizar sobre os diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres, nesta sexta-feira (28) foi celebrado o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. 

Barueri tem apresentado um baixo número de óbitos maternos quando comparado ao estado de São Paulo, à região Sudeste e ao Brasil. De acordo com a prefeitura, em 2019, último ano com dados finalizados, não houve nenhuma morte na cidade.

Já em 2018, o município barueriense apresentou razão da mortalidade materna (RMM) de 17,30, sendo que no estado de São Paulo foi 50, na região Sudeste, 53,2, e no Brasil, 59,1. 

A razão da mortalidade materna é definida pelo número de óbitos de mulheres ligadas à gravidez, parto e puerpério sobre o  número de nascidos vivos no mesmo período, multiplicado por 100.000. 

“A importância de ter uma data, instituída pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é que aumenta a visibilidade sobre a luta pela redução da mortalidade materna, que é uma luta diária. Em cada consulta de pré-natal realizada, em cada exame, em cada parto, está um pouco dessa luta”, destacou Marco Antônio Nadal, diretor técnico do Programa Saúde da Mulher de Barueri. 

Programa de Saúde da Mulher 

Os cuidados preventivos são de suma importância para garantir a saúde da mulher não só na gravidez, mas em todos os momentos. Em Barueri, há o Programa de Saúde da Mulher, que está presente nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). 

São oferecidas consultas de rotina ginecológica, de pré-natal, tanto de baixo quanto de alto risco, exames preventivos, como papanicolau, mamografia e densitometria óssea, consultas no período do climatério, entre outras. 

Além disso, o município conta com 18 UBSs, o Centro de Diagnósticos, a Maternidade Municipal para atendimento às gestantes de risco eventual e o HMB, para as de alto risco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.