Neste mês, Barueri registra o menor índice de internações por Covid-19

0
548
Segundo a prefeitura, nos últimos dois meses, o maior número de internações pela Covid-19 foi na faixa etária de 71 a 80 anos. (Foto: Benjamim Sepulvida/Secom Barueri)

Segundo a prefeitura, até terça-feira (19), município anotou 65 novas hospitalizações de casos suspeitos ou confirmados

Nesta quinta-feira (21), menos de 3,8 mil pessoas estavam internadas por Covid-19 no estado de São Paulo. Essa marca foi alcançada após mais de 560 dias acima deste patamar. Segundo o governo, são 3.770 pacientes hospitalizados, sendo 1.769 em UTIs e 2.001 em leitos clínicos. 

Além disso, as taxas de ocupação dos leitos de UTI também estão entre as menores da história da pandemia, com 28% no estado e 36% na Grande São Paulo. 

Barueri tem apresentado a mesma tendência de queda nas internações por Covid-19. De acordo com dados fornecidos pela prefeitura à reportagem, neste mês, até terça-feira (19), ocorreram 65 novas internações de casos suspeitos ou confirmados por Covid-19. 

“Considerando os dados compilados a partir de junho de 2020, levando em conta os casos agrupados por mês, este é o menor índice”, informou a gestão. 

Em relação à taxa de ocupação de leitos, na segunda-feira (18), o índice de hospitalizações na enfermaria era de 11,27% e 16,13% na UTI. A Prefeitura de Barueri afirmou que, nos últimos dois meses, ou seja, em setembro e outubro, o maior número de internações decorrentes da Covid-19 foi na faixa etária de 71 a 80 anos. 

“Os mais velhos possuem maior risco de desenvolverem a forma grave da doença. Contudo, salientamos que com o avanço da vacinação, houve a redução de casos graves e óbitos no município”, enfatizou. 

Cenário Covid-19 

De acordo com dados da Fundação Seade até quinta-feira (21), a cidade tinha um total de 35.011 casos confirmados da Covid-19. O número de óbitos no município barueriense chegou a 1.176. 

Um levantamento feito pele reportagem mostrou que, baseado nessas informações, Barueri já está seis dias consecutivos sem registrar novas mortes em decorrência da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.