Governo do estado anuncia vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidades a partir do dia 10

0
392
Governo informou que as gestantes em qualquer período gestacional deverão apresentar relatório ou laudo médico com indicação do profissional para tomar a vacina. (Foto: Andrew Seaman/Unsplash)

Segundo a gestão, a estimativa é que 400 mil mulheres deste novo grupo sejam imunizadas

Nesta sexta-feira (4), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que, a partir do dia 10 de junho, mulheres grávidas e puérperas sem comorbidades serão vacinadas contra a Covid-19 no estado.

Atualmente, apenas gestantes que possuem comorbidades estão sendo vacinadas. A estimativa é que 400 mil mulheres deste novo grupo sejam imunizadas. Segundo a gestão estadual, doses das vacinas Pfizer e CoronaVac serão direcionadas para grávidas acima de 18 anos.

“Na próxima segunda-feira, na capital, em São Bernardo do Campo e em Campinas, iniciaremos a vacinação de gestantes e puérperas. E a partir de quinta, dia 10, em todos os demais municípios do Estado de São Paulo, de maneira a planejar e organizar a vacinação com a vacina correta. Ou seja, as vacinas da Pfizer e a do Butantan, que são as duas que a medicina recomenda e aprova para gestantes e puérperas”, disse Doria.

Além disso, o governo informou que as gestantes em qualquer período gestacional deverão apresentar relatório ou laudo médico com indicação do profissional para tomar a vacina. As puérperas podem apresentar certidão de nascimento da criança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.