Estado volta à fase vermelha do Plano SP a partir de segunda-feira (12)

0
508
A proibição aos cultos religiosos está mantida na nova fase (Foto: Luis Quintero/ Pexels)

Escolas estaduais reabrirão e restaurante poderá ter retirada; cultos religiosos estão proibidos

Nesta sexta-feira (9), o governo de são Paulo anunciou a volta para a fase vermelha, que se estende até 18 de abril. A fase emergencial, que começou em 15 de março, termina neste domingo (11).

Nesta fase, apenas serviços essenciais poderão funcionar. Segundo o governo, o retorno foi possível porque São Paulo registrou uma ligeira queda na taxa de internação dos leitos de UTI, 17,7%, mas ainda é necessário a manutenção de restrições a fim de conter o avanço do coronavírus, que já deixou 81.750 mortes no estado até essa sexta-feira (9).

Estão mantidos nesta fase o toque de recolher das 20h às 5h, a proibição aos cultos religiosos e as recomendações do escalonamento de horários para funcionários e a obrigatoriedade para o teletrabalho para atividades administrativas, também estão autorizados a volta dos eventos esportivos, como o Campeonato Paulista e a autorização para retirar pedidos em restaurantes, shoppings e comércio no geral, além da reabertura de lojas de materiais de construção.

Volta às aulas

Quanto ao retorno às aulas, o governo anunciou a volta das atividades nas escolas de educação básica a partir de segunda-feira (12) e início das aulas presenciais da rede estadual na quarta-feira (14). A retomada ocorrerá de forma gradual e facultativa, com limite máximo de 35% dos alunos por dia em cada unidade e respeito a todos os demais regramentos de segurança sanitária previstos no Plano São Paulo. A autorização também vale para escolas municipais e privadas e não haverá obrigatoriedade de presença.
A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Barueri sobre o novos anúncios do Governo do Estado, mas não obteve retorno até o fechamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.