Empresa no Tamboré desenvolve super freezer para o transporte de vacinas

0
311
Segundo Claudio Biscola, este é o único equipamento de refrigeração dessa capacidade volumétrica e que chega a essa temperatura. (Foto: Divulgação)

Equipamento consegue chegar a uma temperatura de -70 °C e pode guardar até 5 milhões de doses

Um equipamento desenvolvido pela empresa Thermo King, localizada no Tamboré, em Barueri, pode auxiliar na luta contra a pandemia da Covid-19. É que a companhia criou o chamado Super Freezer, feito para atender as demandas das empresas farmacêuticas e que permite o transporte e armazenamento de vacinas a -70°C, como a da Pfizer. 

Segundo Claudio Biscola, gerente de vendas da Thermo King para América Latina, esta é uma iniciativa inédita, pois é o único equipamento de refrigeração dessa capacidade volumétrica e de logística que chega a essa temperatura de -70 graus.

“Sua alta flexibilidade de aplicação se estende muito além das vacinas. O equipamento pode armazenar e transportar todos os tipos de produto que requerem controle de temperatura de -10 a -70 graus. Não só o equipamento, mas também o container em si foi preparado para temperaturas de até -70 graus e com todos os requisitos e aprovações para transporte de medicamentos e vacinas”, explicou Biscola. 

O gerente afirmou ainda que o equipamento pode armazenar até 5 milhões de doses de vacina em um só lugar e por todo o tempo de validade do produto. 

“Hoje vemos muita dificuldade na questão da armazenagem e distribuição, mas com o super freezer isso é uma possibilidade muito mais tranquila. Imagina a distribuição das vacinas da Pfizer em regiões que a logística é um fator impeditivo, esse equipamento seria a solução de transporte e armazenagem em grande escala, pois ele tem capacidade de até 24m³”, disse. 

Mais detalhes 

Além de contar com todas as características de solução de temperatura para os segmentos de fármacos, alimentos, entre outros, o Thermo King Super Freezer conta com monitoramento remoto. Com isso, o cliente tem acesso a todas as informações de temperatura a distância em tempo real. “Hoje no Brasil ainda não temos nenhum em circulação. Nos EUA e na Europa, já são mais de 300 unidades circulando. Aqui na América Latina, serão enviados dois equipamentos para o Peru”, destacou Claudio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.