Descubra se você tem direito ao Auxílio Emergencial 2021

0
451
O pagamento será feito em 4 parcelas de R$ 150 a R$375, a partir do dia 6 de abril. Nesta sexta-feira (2), os interessados poderão verificar se têm direito ao auxílio por meio do site Dataprev. / Foto: Leonardo Sá - Agência Senado

O pagamento será feito em 4 parcelas de R$ 150 a R$375, a partir do dia 6 de abril

Com o objetivo de auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade social durante a crise econômica causada pandemia da Covid-19, o Governo Federal anunciou o calendário de pagamento do Auxílio Emergencial 2021. Os grupos vulneráveis ficaram sem a transferência emergencial de renda a partir de janeiro deste ano, e voltam a ter acesso em um momento que há registro de mais de 3.900 mortes por dia e o sistema de saúde de diversas capitais dá sinais de colapso.

A partir deste sexta-feira (2), os interessados poderão verificar se têm direito ao auxílio por meio do site Dataprev (www.cidadania.gov.br/auxilio) ou por ligação na Central 111.

Com início na terça-feira, dia 6, beneficiários nascidos no mês de janeiro poderão ter acesso à primeira parcela do Auxílio. Já para os beneficiários do Bolsa Família com NIS final n° 1, a primeira parcela acontece dia 16/4. O valor do auxílio é de  R$ 150 a R$ 375 em 2021.

Neste ano, o benefício foi concedido somente aos trabalhadores que receberam o Auxílio Emergencial em 2020. Por isso, os beneficiários do ano passado não precisam atualizar o cadastro. Além de não ser possível atender novas pessoas, devido às novas regras impostas pelo Governo Federal, a quantidade de brasileiros beneficiados caiu de 60 milhões em 2020, para 40 milhões em 2021.

Parcelas e transferências

O valor das 4 parcelas será pago de acordo com a composição familiar, para somente um beneficiário por família. Para pessoas que moram sozinhas, o benefício é de R$ 150; famílias compostas por mais de uma pessoa receberão R$250; famílias chefiadas por mulheres sem cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma pessoa menor de dezoito anos de idade, tem direito a R$ 375. As pessoas que já recebem benefícios assistenciais, trabalhistas, previdenciários ou de programas federais não receberão o auxílio, com exceção do Bolsa Família e PIS/PASEP.

As transferências serão realizadas por meio da conta digital social, criada pela Caixa em nome do beneficiado no ano passado. Assim que o pagamento for realizado, a pessoa poderá transferir o valor para outras contas sem qualquer custo. Toda a movimentação do dinheiro pode ser feita por meio do aplicativo Caixa Tem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.