Casos de síndrome gripal anotam alta em Barueri

0
695
Em Barueri, neste momento, a vacinação contra a gripe continua apenas nas unidades de saúde que possuem doses em estoque. (Foto: Lourivaldo Fio/Secom Barueri)

Segundo a prefeitura, no pronto-socorro central, o número de ocorrências atendidas passou de 153 no dia 1º de dezembro para 619 no dia 14

Nas últimas semana, foi verificado um fluxo maior de pacientes com sintomas de gripe nos hospitais de São Paulo. Foi que o informou, em nota, o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp).

Já o secretário municipal de Saúde Edson Aparecido confirmou que São Paulo passa por um surto de casos de gripe e que este aumento pode estar relacionado a uma nova variante da Influenza A, o vírus H3N2.

Segundo a Prefeitura de Barueri, na cidade, não houve notificação de casos de H3N2, porém foi verificado um aumento de casos de síndrome gripal, que se referem a situações mais simples, que não levam à internação.

No pronto-socorro central, o número de ocorrências atendidas de síndrome gripal passou de 153 no dia 1º de dezembro para 619 no dia 14, aumento de 304,57%.

De acordo com o secretário de saúde do município, Dionisio Alvarez, uma das medidas mais importantes é ir aos prontos-socorros só em caso de emergência.

“Se realmente precisar ir, evitar levar mais de um acompanhante para não haver aglomeração e aumento de contaminações. De preferência deixe o acompanhante esperando do lado de fora”, afirmou.

Vacina da gripe
Danilo Scheit Vieira Jr, diretor técnico da AlphaImune, destacou que houve um aumento na procura pela vacina da gripe.

“Nesta época do ano, a procura pela vacina da gripe são da demanda de bebês com 6 meses de vida, que faz parte do calendário de rotina. Com isso, o volume costuma ser pequeno. Considerando isso, houve uma procura aumentada em 100% do volume atual de rotina. Mas devido a indisponibilidade da vacina para janeiro em diante com certeza haverá uma demanda reprimida para 2022”, afirmou.

Em Barueri, a gestão informou que, neste momento, a vacinação continua apenas nas unidades de saúde que possuem doses em estoque, em especial para o público das crianças menores de 6 meses que são imunizados em duas etapas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.