Após 1 ano e meio, comércio volta a funcionar sem limite de horário

0
388
Mesmo com a flexibilização, o uso da máscara continua obrigatório e está mantida a recomendação para evitar aglomerações. (Foto: Allisson Roberto/Secom Barueri)

Estabelecimentos também poderão atender com 100% da capacidade; especialista diz que flexibilização acontece ‘antes da hora’

Depois de um ano e cinco meses com restrições, desde o início da quarentena para combater a Covid-19, o comércio volta a funcionar sem limite de horário e ocupação. O anúncio foi feito pelo governo do Estado, na terça-feira (17). O estado considerou o avanço da vacinação contra a doença e a queda nas internações. 

A nova fase do Plano SP, chamada Retomada Segura, estabelece que os estabelecimentos poderão atender com 100% da capacidade de ocupação. 

Nesta etapa, o uso da máscara continua obrigatório e está mantida a recomendação para evitar aglomerações. Shows com público em pé, pistas de dança e torcida em estádios de futebol seguem proibidos. 

Segundo a Prefeitura de Barueri, caso ocorra um aumento de casos da doença por conta da nova fase, a fiscalização em relação aos protocolos sanitários nos estabelecimentos será reforçada. 

“Até o momento, a gestão não editou nenhum ato que altere as regras indicadas pelo Governo do Estado. A Vigilância em Saúde acompanha de perto cada notificação no município para conseguir prever possíveis surtos”, apontou. 

Perigos 

Em meio à flexibilização, o avanço da variante delta é uma das grandes preocupações dos especialistas. Na Grande São Paulo, segundo uma análise, o percentual da Delta é de cerca de 25%. Barueri informou que não há registro de casos da variante na cidade. 

Para o médico Adriano Vendimiatti, a flexibilização adotada no estado está acontecendo antes da hora. “Os critérios para essa liberação deveriam ser outros, como a taxa de vacinação com duas doses, e não só com uma. O estado deveria esperar a variante Delta se instalar para ver qual será o real cenário”, disse. 

Já o infectologista Fábio Junqueira alertou que, apesar dessas novas medidas, a população precisa ter em mente que a pandemia não acabou. 

“É preciso usar a máscara adequada e manejar seu risco individual. Não é porque está tudo aberto, que devemos baixar a guardar. Pelo contrário, é preciso se cuidar ainda mais e essa orientação é para todos, independentemente se já tomou a vacina ou não. E para quem ainda não tomou, tome a vacina”, destacou. 

Até segunda-feira (16), dados mais recentes divulgados pela prefeitura, Barueri tinha um total de 30.981 casos confirmados da Covid-19 e 1.074 óbitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.