Barueri intensifica vacinação contra HPV para alavancar cobertura

0
648
Município oferece o imunobiológico em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para meninos de 11 a 14 anos e meninas 9 a 14 anos (Foto: Michela Brígida/Jornal de Barueri)

Segundo a gestão, 47% das meninas e 43% dos meninos foram imunizados. O objetivo é chegar a 80%

O jornalista José Roberto Burnier, apresentador do canal GloboNews, anunciou nesta terça-feira (17) que está curado de um câncer na base da língua, causado pelo vírus do papiloma humano, conhecido como HPV. O caso de Burnier chama atenção e deixou um alerta sobre a importância de se vacinar contra a infecção.

O HPV é um vírus transmitido, principalmente, por meio do contato sexual. A vacinação é a melhor forma de prevenção ao vírus. Barueri oferece o imunobiológico em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para meninos de 11 a 14 anos e meninas 9 a 14 anos. Segundo o Ministério da Saúde, a imunização está muito abaixo das metas estabelecidas pelas autoridades de saúde em todo o Brasil.

De acordo com o órgão, só 22% dos meninos na faixa etária indicada tomaram a segunda dose. Entre as meninas, 51%. Em Barueri, até o momento, 10.067 pessoas do público alvo foram imunizadas, sendo 5.183 meninas e 4.884 meninos. “Isso corresponde a uma cobertura de 47% das meninas e 43% dos meninos, sendo que a meta estipulada pelo órgão é de 80%”, disse a prefeitura em nota.

A rede particular também disponibiliza a vacina. Segundo levantamento feito pela reportagem, o valor da Bivalente, que previne contra dois tipos de vírus, custa a partir de R$ 380. Já a quadrivalente, que protege contra quatro, é a partir de R$ 500 a dose.

“Os motivos por ainda termos um baixo percentual de adolescentes e adultos vacinados estão relacionados ao custo elevado, falta de conhecimento sobre os benefícios e movimentos anti-vacinas que confundem a população”, destacou Danilo Scheit Vieira Jr, diretor Técnico da AlphaImune Clínica de Vacinas.

Ações de conscientização

A prefeitura da cidade realiza constantemente diferentes ações como forma de conscientizar a população sobre a importância de se vacinar. Além de divulgar informações sobre a doença nas UBSs, há a orientação dos profissionais médicos nas consultas e dos enfermeiros nas salas de vacina.

“No período de matrículas e rematrículas é sugerido a apresentação da caderneta de vacinação atualizada, além disso, estamos planejando ações de vacinação contra o HPV nas escolas”, apontou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.