Saúde continua prioridade no 2º ano de mandato, diz Furlan

1
3846
“Muitas filas já zeramos, agora só estamos atendendo a demanda. A espera já não é tão longa para algumas especialidades“ Foto: Rodrigo Albertini

Após um primeiro ano de gestão para colocar “a casa em or­dem”, onde foi necessário buscar a estabilização para realizar ajustes em setores, além de implan­tar novos projetos do plano de governo, o pre­feito de Barueri Rubens Furlan (PSBD) afirmou à reportagem do JB que a situação da cidade está melhorando. O mandatá­rio detalhou quais são os principais projetos da ad­ministração para o muni­cípio, que terá como foco central a área da saúde.

O prefeito reconheceu que o Hospital Municipal Dr. Francisco Moran ficou sobrecarregado nos últi­mos meses, com cerca de 10 mil exames mensais, em média.

A demanda reprimida, segundo ele, veio por conta de anos sem atendimento direcionado na área. “Pegamos uma fila de exame extensa, você marcava e esperava um atendimento para dali a um ano e meio. Muitas filas nós já zeramos, agora só estamos atendendo a demanda. Algumas espe­cialidades não consegui­mos ainda, mas já não é tão longa a espera”, disse.

Para desafogar o Hos­pital, a gestão está cons­truindo um Centro de Diag­nósticos, que será erguido no antigo prédio da PUC, na Vila Porto. No local serão realizados exames ambulatoriais, como to­mografias e ressonâncias magnéticas, que ainda não é disponível na cidade. Além disso, de acordo com o prefeito, dois prontos-so­corros serão construídos, um no Jardim Paulista e outro no Jardim Mutinga. “O projeto está terminado, agora já vai pra fase licita­tória”, explicou o prefeito.

Furlan também citou a construção de um pré­dio só para consultas de especialidades médicas, ao lado da Igreja Católica Matriz, no Centro. “Nós te­mos agora cerca de 20 con­sultórios con­sultórios e vamos passar para 85, todos integrados à rede. Há ainda a cons­trução da UBS do Tupã e terminaremos também a obra no Vale do Sol, que estava parada há 5 anos”, ressaltou.

Perda de receita

Apesar de o município perder R$ 300 milhões da receita devido a mudanças no ISS, a gestão garante que além dos projetos na área da saúde, são plane­jados investimentos em segurança pública e mo­bilidade urbana. Novas ar­mas, coletes, uniformes e viaturas foram comprados para a Guarda Civil Munici­pal e estão sendo realiza­das obras de alargamento de vias e a construção do viaduto sobre a Alameda Araguaia, para desafogar o trânsito, neste caso, na região de Alphaville.

1 COMENTÁRIO

  1. Boa tarde que temos que nosso prefeito Furlan abrir esta rua nó Jadir audir ligando na viela 16 pois está no projeto da secretaria de obras tem mais de 20 anos é mais 5 baixar a sinado com mediu a trás da igreja na avenida brigadeiro Manoel Jordão telefone pra contato 41620990

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.