Reabastecimento de gás deve acontecer em até quatro dias, diz Sindigás

0
796
Legenda: Sindicato afirmou que as entregas de gás da Petrobras para as distribuidoras registram atraso de dois dias Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

De acordo com sindicato, falta do produto acontece por conta do aumento da demanda

 

O avanço do novo coronavírus (Covid-19) tem causado transtornos em diferentes setores, um deles está relacionado ao fornecimento de gás. É que consumidores estão reclamando que está faltando gás de cozinha em diversos bairros de São Paulo, e a situação se repete em Barueri, segundo relato de moradores.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liqüefeito de Petróleo (Sindigás) explicou que com o aumento da demanda, as entregas de gás da Petrobras para as distribuidoras registram atraso de dois dias, o que causa filas nas plantas de engarrafamento e a sensação de escassez para o consumidor final.

“Uma nova carga de gás importado, que chegou ao Porto de Santos, será transportada para Mauá, onde está previsto o início do engarrafamento em botijões nesta quarta-feira (1). Este processo deverá promover o reabastecimento satisfatório nos próximos três ou quatro dias”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.