Facco já levou três vezes o título (Foto: Sanderson Pereira/Photo Esporte)

Uma das principais competições de velocidade do Brasil, o Rally dos Sertões começa no sábado (19) e terá mais uma vez a presença de competidores de Alphaville, em Barueri, com chances de título na disputa. Uma das principais apostas está em Luiz Facco, piloto que dobra com o navegador Humberto Ribeiro, pela equipe Acelera Siriema. ​A edição comemora 25 anos de disputa. 

Facco e Ribeiro correm na categoria Protótipos T1, com uma Mitsubishi Triton Sport SR, e passarão pelos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com chegada em Bonito.

Campeão três vezes do Rally, o paulista Luiz Facco vai para sua 14ª participação enquanto o piauiense Ribeiro completará 12 provas. A dupla é a atual vice-líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, após vencer de ponta a ponta a última prova, em Lages (SC), em julho. Das sete etapas do Rally dos Sertões, os dois primeiros dias somarão pontos para a 9ª e 10ª etapas do ranking nacional.

“Será uma prova bastante concorrida e um pouco diferente das demais que disputei. Estamos na categoria dos carros nacionais mais competitivos, com muito potencial, portanto iremos trabalhar para conquistar uma boa performance a cada dia até chegar a Bonito e teremos mais de 3.300 quilômetros para isso”, afirmou Facco.

Aproximadamente 60 veículos compõem o grid dos Carros, subdividido nas categorias Protótipos T1-FIA, Protótipos T1, Pró Brasil, Super Production e Production T2. Paralelamente há os carros originais de fábrica que disputarão no Rally de Regularidade (Master, Graduados, Turismo). Além disso, competem na prova as categorias Motos, Quadriciclos e UTVs.

Nesta edição serão mais de 3.300 quilômetros dos quais 1.999 de trechos cronometrados (Especiais). A largada será no Autódromo Internacional de Goiânia, local do Parque de Apoio, na cidade.

Bianchini

Outra equipe de Alphaville, mas nas motos, a Bianchini Rally enviará seis pilotos para os Sertões. Nas motos: Adhemar Pereira ‘Índio” (KTM Réplica 450), Marcos Colvero (KTM 500 Six Days) Yuri Aizemberg (Husqvarna TE 450), André Guerra (Husqvarna 450) e o estreante Luis Henrique Rodrigues (KTM 500 Six Days), entram na disputa.

Já nos quadris, pelo segundo ano consecutivo, o uruguaio Javier Fernandez (Can Am Renegade 4×4 800cc) que segue para sexta participação.

No comando do time estará Fabrício Bianchini, que diferentemente das 14 edições quando participou como competidor (11 vezes nas motos e três nos carros), desta vez, irá como chefe de equipe. “Não estarei pilotando esse ano, mas nos bastidores acompanhando e orientado a todos no que for preciso”, comentou.

No ano passado, Bianchini fez sua estreia como piloto na categoria carros, ao lado do navegador Caio Santos e garantiram o 2º lugar na Protótipos T1 e foram a 6ª dupla mais rápida na geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.