Prefeitura iniciará projeto Barueri sem Papel em abril

0
488

A iniciativa prevê a digitalização dos serviços públicos, com a finalidade de desburocratizar, criar processos de tramitação e ainda gerenciar as demandas de forma virtual

 

No dia 1º de abril, a Prefeitura de Barueri, por meio do Centro de Inovação e Tecnologia (CIT), dará início oficialmente ao Barueri sem Papel.

A iniciativa prevê a digitalização dos serviços públicos, com a finalidade de desburocratizar, criar processos de tramitação e ainda gerenciar as demandas de forma virtual.

“A prefeitura, ao longo dos anos, vem implantando muitos sistemas. Nós vamos agora interligar todo esse processo de tramitação. Alguns processos vão tramitar de forma automática. Para a população isso será sinal de agilidade, de saber onde estará o processo em tempo real, quem está com o processo, sem contar que você diminui a quantidade de papel, cartucho, energia, tempo, tudo isso acaba agilizando e trazendo economia”, explicou Jônatas Randal, administrador do CIT.

De acordo com João Azevedo Junior, diretor de Sistemas do CIT, os serviços estarão eletronicamente disponíveis ao cidadão de forma gradativa. “Daremos esse ponto pé inicial no dia primeiro de abril, em que algumas coisas já começarão a ser eletrônicas. Em breve, teremos um portal, que será uma extensão do site da prefeitura, em que o munícipe conseguirá acessar tudo”, detalhou.

 

Prontuários eletrônicos

Uma das áreas que já está com a gestão eletrônica implementada é a da saúde. Segundo João, recentemente foi iniciada a digitalização de prontuários médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

“Eles foram retirados, digitalizados e os médicos já consultam ali no computador. Isso evita perda de documento e o munícipe pode ir em qualquer UBS que o médico vai acessar. Isso já é algo que está em andamento”, apontou João.

“Hoje na saúde você pode, por meio do smartphone, marcar consulta, o médico acessa o prontuário médico em qualquer lugar da rede, exame de imagem, laboratório. Inclusive, durante a pandemia, implantamos a telemedicina”, destacou Randal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.