Pela segurança da população, Prefeitura de Barueri cancela eventos de aniversário da cidade

0
6700
Reprodução da Internet

Rubens Furlan disse que cidade tem protocolo para identificar e isolar casos suspeitos.

 

Por conta do crescimento do número de casos no país, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, gravou vídeo nesta quinta-feira (12) para comunicar à população que os eventos em comemoração aos 71 anos da cidade foram cancelados, por medida preventiva. O objetivo é evitar a aglomeração de pessoas e impedir a disseminação do Covid-19.

Em Barueri, há 12 casos sob suspeita que seguem em isolamento domiciliar. Não há casos confirmados no município. Ainda assim, a gestão criou uma protocolo de atendimento nos pronto-socorros, unidades de saúde e Sameb para encaminhar com urgência os casos suspeito à enfermaria do Hospital Municipal de Barueri, que conta com 20 vagas destinadas a suspeitos, divididas entre adultos e crianças.

As informações foram passadas pelo prefeito ao lado do secretário de Saúde, Dr. Dionísio, e da coordenadora chefe da Vigilância Sanitária, Rosana Perri Andrade Ambrogini. O gestor afirmou que o caso não é para alarmar, “mas para esclarecer a população” sobre a gravidade da questão, que ganhou relevância após a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificar os casos no mundo como pandemia.

No momento, a grade escolar será mantida, garantiu Furlan. “Porém, se houver casos em alguma unidade escolar, é natural que façamos um isolamento para tomar todas as providências técnicas. Por enquanto, mantemos a rotina dos nossos alunos, ressaltando que é importante manter as condições de higiene para evitar que o coronavírus se propague”, disse o gestor. Leia mais sobre as orientações da Secretário do Estado da Saúde abaixo.

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde aponta que o Brasil tem 77 casos confirmados de novo coronavírus. Com mais registros, o estado de São Paulo tem 42 pacientes infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), agente causador da doença Covid-19.

 

Aumento

Segundo a OMS, o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas. Apesar disso, os diretores ressaltaram que a declaração não muda as orientações, e que os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus.

 

Como se proteger

A principal recomendação da Secretaria do Estado da Saúde é higienizar as mãos. São cuidados simples, mas importantes e que devem ser frequentes para prevenir doenças contagiosas

Lave as mãos

Lave as mãos frequentemente com água e sabão e use antisséptico de mãos à base de álcool gel 70%, principalmente: Após tossir ou espirrar, Depois de cuidar de pessoas, Após ir ao banheiro, Antes e depois de comer.

Ao tossir e espirrar

Cubra a boca e o nariz. Use os braços ou lenço descartável. Evite usar as mãos. E, se usar, lembre-se de higienizá-las, Se usar um lenço, jogue-o fora imediatamente e lave as mãos, Use, preferencialmente, lenços.

Fique atento

Quem esteve em países com casos confirmados da doença e apresentar sintomas suspeitos deve: Evitar o contato com outras pessoas, Procurar um serviço médico imediatamente e Seguir os cuidados recomendados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.