Osasco Audax se despede da Copa Paulista com nova derrota

0
912
Time foi superado pelo Desportivo Brasil, no Rochdale (Foto: Julio Bronze/Desportivo Brasil)

O Osasco Audax encerrou a temporada 2017 de forma prematura neste domingo (17). Com mais uma derrota na Copa Paulista, por 2 a 1, para o Desportivo Brasil, o time foi eliminado na primeira fase do torneio estadual e deixa as competições oficiais em seu pior ano deste que se transferiu para a cidade em 2014.

O clube entrou em campo no vazio estádio do Rochdale com poucas chances de classificação. Precisava vencer e contar com outros dois resultados. Curiosamente, a combinação ocorreu, mas faltou o resultado positivo dos osasquenses.

O Taboão da Serra, no final, levou a última vaga mesmo com a derrota para o São Paulo, enquanto o Rio Branco foi superado pela Inter de Limeira e terminou com a quinta colocação.

Apesar da necessidade da vitória, o Alvirrubro sofreu dois gols na primeira etapa, o que praticamente selou o resultado do jogo. Erick e Ingro marcaram para o Desportivo Brasil, classificado como o segundo colocado. Inter de Limeira e São Paulo fecharam as vagas do grupo 2.

Na etapa final, Fábio ainda descontaria para os osasquenses, mas não houve tempo de reação.

CAMPANHA E ANO DESASTROSO

Eliminado na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, o Audax tinha na Copa Paulista a última chance de disputar torneios nacionais no próximo ano, pois a competição dá vaga na Série D ou na Copa do Brasil para o campeão.

Porém, a equipe só conseguiu reagir nas últimas rodadas, quando venceu o Rio Branco e o Atibaia e chegou a entrar no G4. A derrota na sequência para o Taboão da Serra, na semana passada, praticamente sacramentou a eliminação.

A equipe terminou com a penúltima colocação da chave, com 11 pontos, na frente apenas do Atibaia.

A campanha encerra um ano desastroso para o clube osasquense, sensação dos últimos e vice do Paulistão do ano passado.

O time tem na conta de 2017 o rebaixamento no Campeonato Paulista, cujo resultado levou a uma série de consequências. A equipe perdeu o técnico Fernando Diniz e não investiu em muitos reforços para a Série D. Com o comando de Maércio Zeferino e atletas que estavam no Grêmio Osasco, o clube não conseguiu fazer frente aos modestos Caldense (MG), Itumbiara (GO) e Portuguesa (RJ) e foi eliminada na fase inicial.

No torneio estadual, o jejum continuou e a equipe completou seis meses sem vencer, até que bateu o Atibaia e o Rio Branco. Em 2017, o Audax somou quatro vitórias em 30 partidas disputadas. Foram 12 empates e 14 derrotas com um aproveitamento de 26%.

Agora, a equipe tem como próxima competição apenas a Série A2 do Campeonato Paulista, em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.