Oeste sofre sufoco do Internacional e perde no Beira Rio

0
542

Do Torcedor S/A – Em crise e com o técnico Guto Ferreira ameaçado de perder o cargo, o Internacional entrou em campo mordido e com sal grosso jogado pelos torcedores no estádio do Beira Rio.

Nesta terça-feira (25), o time marcou em cima da defesa do Oeste desde os primeiros minutos e com o sufoco conquistou uma importante vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. Pior para o Rubrão que com a derrota por 2 a 0 estaciona na décima posição e perde a chance de colar no G4.

A equipe de Barueri segue também sem vencer fora de casa e soma o quarto revés em 17 rodadas da competição.

A pressão inicial exigiu bastante do sistema defensivo. Mais uma vez, o goleiro Rodolfo foi um dos destaques do time.

Ele defendeu uma tentativa de Nico Lopez por cobertura, espalmou um chute de primeira de Eduardo Sacha e no reflexo pegou uma bola desviada novamente pelo camisa 9. Isso tudo em apenas 22 minutos.

Do lado do Rubrão, o goleiro Danilo Fernandes trabalhou pela primeira vez em um chute despretensioso de Mazinho já aos 38 minutos, sem dificuldades. A equipe de Roberto Cavalo entrou em campo com a aposta nos contra-ataques, mas poucas vezes conseguiu avançar com sua rápida troca de passes.

O Inter voltou a pressionar na reta final do primeiro tempo, até que não teve mais jeito para a defesa barueriense.

Aos 44 minutos, os gaúchos pressionaram a saída de bola, Fabinho levou a melhor em uma dividida e a bola sobrou para Nico Lopez na linha de fundo. O uruguaio cruzou na cabeça de Sacha que na pequena área mandou para o fundo do gol. Foi a 19ª jogada aérea do time colorado e a 11ª posição em todo o primeiro tempo.

No segundo tempo, a situação mudou pouco. O jogo esquentou com desentendimentos entre Lidio e Dalessandro e até entre atletas do Rubrão. Leandro Amaro e Betinho se desentenderam por não acertarem a marcação. 

O Oeste acertou apenas um contra-ataque, mas Jheymi parou em Danilo Fernandes. Até que veio o segundo gol, após um bate rebate sem fim dentro da área. Sacha tentou chapelar Rodolfo, que conseguiu tirar a bola. Mas no rebote, a bola foi chutada no travessão. Na sobra, a defesa ainda faria o corte, antes de sobrar para o lateral Uendel chutar forte e ampliar.

Gabriel Vasconcelos ainda teria uma oportunidade cara a cara com o goleiro, mas mandou para fora. Mas o placar estava sacramentado.

Na próxima terça-feira (1º), o Oeste volta a jogar em Barueri, quando enfrenta o ABC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.