Na contramão do país, Barueri aumenta cobertura nos exames de mamografia

0
493
Foto: FAMESP

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), em parceria com a Rede Brasileira de Pesquisa em Mastologia, divulgada na última semana, mostrou uma queda no percentual de cobertura mamográfica de 2017 nas mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos, atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o estudo, esperava-se a realização de 11,5 milhões de mamografias, mas foram feitas apenas 2,7 milhões, uma cobertura de 24,1%, bem abaixo dos 70% recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em Barueri, o exame de mamografia é realizado no Hospital Municipal ou em uma clínica credenciada. De acordo com a administração, ao contrário do restante do país, a cobertura do exame entre mulheres de 50 e 69 é satisfatória. Entre a faixa etária recomendada para o exame, a menor incidência se dá entre mulheres de 40 a 49 anos. Mesmo assim, a cidade registrou uma importante expansão no número de realizações do procedimento.

No primeiro semestre deste ano, foram realizados cerca de 5.368 exames. O índice corresponde a 81,54% das mamografias realizadas ao longo de 2017 inteiro, onde foram feitos 6.301 procedimentos.

Ainda de acordo com a Prefeitura, mulheres interessadas em fazer o exame não enfrentam fila de espera. Após uma guia de encaminhamento emitida por um médico do SUS, a mamografia é marcada em uma data próxima. O resultado fica pronto em até 20 dias uteis.

Alteração

Caso seja constatada qualquer tipo de alteração nas mamas do laudo da mamografia, a paciente é encaminhada para o atendimento com um mastologistas para a investigação e seguimento de tratamento.

Nessas situações, a Secretaria da Saúde faz o contato imediato com a paciente para buscar o resultando com mais urgência e, assim, ser dignosticada com antecedência, evitando complicações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.