Mais de 900 motoristas foram multados por não usar cinto de segurança

0
427
Uso do cinto diminui em até 75% o risco de mortes em acidentes (Foto: Michela Brígida/Jornal de Barueri)

Apesar de ser considerada uma infração grave pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), condutores de veículos e passageiros ainda insistem em não usar o cinto de segurança durante o tráfego.

Até o início deste mês, o Departamento Municipal de Trânsito de Barueri (Demutran) registrou 917 infrações do tipo. Visando conscientizar os moradores quanto à importância do item, a Prefeitura de Barueri tem como tema de campanha deste mês “ Proteja Quem você Ama- Use Sempre o Cinto de Segurança”.

Dados fornecidos pela administração municipal, após pedido da reportagem, mostram que entre as multas aplicadas na cidade neste ano, 798 foram direcionadas aos condutores e 199 para os passageiros pela falta do uso do cinto de segurança. O número corresponde a aproximadamente 38% e 89% das infrações anotadas em 2017, onde foram aplicadas 2.067 multa pela falta de uso item de motoristas e 133 aos seus acompanhantes, respectivamente.

O valor de multa previsto às pessoas que não utilizam o equipamento é de R$ 195,23. Além disso, condutor leva ainda cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segurança
Segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP), o uso do cinto de segurança diminui o risco de morte em acidentes de trânsito em até 50% para passageiros nos bancos dianteiros e em 75% para os sentam nos bancos traseiros. Para estimular o uso do item, a Prefeitura de Barueri afixou faixas em pontos estratégicos do município.

Além disso, o órgão está programando também a distribuição e divulgação de material impresso em vias públicas, e em repartições públicas ou privado com mensagens alusivas, por meio de ações do NET (Núcleo de Educação no Trânsito do Demutran).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.