Justiça Eleitoral reprova contas de campanha de Saulo Góes

0
1768

O ex-vereador de Barueri Saulo Góes teve suas contas de campanha de 2016 reprovadas pela Justiça Eleitoral, na última semana. Saulo disputou a eleição para a prefeitura pelo PSOL e hoje faz parte do PR.

De acordo com a decisão da juíza Anelise Soares, foram detectadas irregularidades nos documentos enviados pelo político dos gastos na disputa.

Segundo a decisão, houve depósitos em dinheiro sem que tivesse a devida “identificação dos doadores” e o recebimento direto de pessoa com renda incompatível com a doação realizada. “Além de ser um indicativo de possível fraude nas doações de campanha, deverá ser verificado em procedimento específico à parte de doação acima do limite legal”, afirmou a juíza.

Também foi constatada omissão de despesas com transferências a outros prestadores de contas, além de não contabilizar os gastos com combustíveis, do imóvel e dos gastos de energia elétrica.

“Foram detectadas também ausência de gastos, pois foram realizadas carreatas por parte do candidato pela cidade (fato notório acompanhado por todos nesta urbe) sem a devida contrapartida ou qualquer gasto a estes eventos relacionados”, afirma a juiza.

A decisão cita ainda divergências nas contas bancárias apresentadas pelo candidato, segundo colocado na eleição. A decisão é em primeira instância e ainda cabe recurso no TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.