Hospital Municipal explica como algumas atividades ajudam a manter o cérebro saudável

0
133
Além do repouso, o cérebro também precisa de atividades diárias. Um exemplo desse exercício cerebral é a prática de jogos como Sudoko, palavras cruzadas, xadrez e leitura. (Foto: Divulgação)

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde (07/04), o Hospital Municipal de Barueri (HMB) dá dicas de como cuidar de nosso principal órgão: o cérebro.

O cérebro é o centro de controle do corpo, responsável por monitorar o movimento, o pensamento, a memória, as emoções, os sentidos e a fala. “Por ser o órgão dos sentidos, ações, planejamento, estratégia e respostas, o cérebro pode ser considerado o mais importante”, explica Diogo de Arruda, coordenador da neurocirurgia do HMB. Porém, não podemos esquecer da importância do equilíbrio geral de nossa saúde, para todos os órgãos trabalharem em conjunto e garantir o melhor desempenho do organismo como um todo.

De modo geral, seu cérebro é bem tratado quando você realiza atividades físicas, mantem alimentação balanceada e tem uma boa noite de sono. Assim como qualquer outro órgão, ele também precisa de incentivo e de relaxamento para se renovar.  “Podemos pensar no cérebro como um músculo, que precisa de descanso e de estímulo como forma de cuidado e proteção”, esclarece o neurologista.

Além do repouso, o cérebro também precisa de atividades diárias. Um exemplo desse exercício cerebral é a prática de jogos como Sudoko, palavras cruzadas, xadrez, exercícios de raciocínio, jogos de cartas e leitura. “Os hobbies são fundamentais para o descanso cerebral, eles ajudam a desvincular as atividades do dia a dia, de trabalho e de estresse, além de evitar a fadiga e outras patologias mais graves de esgotamento, como a Síndrome de Burnout”, comenta Arruda.

Com base nas informações do Ministério da Saúde, essa síndrome é um estado físico, emocional e mental de exaustão extrema, resultado do acúmulo excessivo em situações de trabalho que são emocionalmente exigentes e estressantes. O tratamento é baseado em mudanças de hábito e no estilo de vida, além do uso de medicamentos e psicoterapia.

Para manter o cérebro saudável e evitar doenças relacionadas à saúde mental, o Ministério recomenda cinco atitudes* simples e eficazes: ser realista, evitar o uso de álcool e outras drogas, ser sociável, cuidar do corpo e dormir bem. Anotou? Então pratique e mantenha sua saúde mental em dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.