Furlan prorroga quarentena em Barueri por mais 15 dias

0
2091
Furlan reconheceu que a medida é um "golpe duro para a economia", mas conclamou os cidadãos a colocarem a vida em primeiro lugar.

Decisão segue política de saúde do governo do Estado, que também renovou prazo do confinamento

 

Na tarde desta segunda-feira (6), o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), prorrogou por mais 15 dias a quarentena em vigor no município para impedir o avanço da epidemia de Covid-19. Com isso, todo o comércio, exceto aquele relacionado a atividades essenciais, seguirá de portas fechadas no município.

“Aqui em Barueri não explodiu (do número de casos), porque todas as providências prévias que estão sendo tomadas impedem a explosão como aconteceu na Europa e nos Estados Unidos”, disse o prefeito.  “É por isso que é importante a gente manter a quarentena. É muito melhor a gente passar por isso que estamos passando do que arriscar, pagar para ver o que está acontecendo em outros países”, afirmou.

Furlan reconheceu que a medida é um “golpe duro para a economia”, mas conclamou os cidadãos a colocarem a vida em primeiro lugar. “Quanto mais prudentes nós formos, menor é o estrago que ela (a pandemia) causa”. O prefeito fez ainda um alerta: “se acontecer o que aconteceu em outros países, a nossa economia não aguenta, aí o nosso prejuízo vai ser infinitamente maior do que está sendo hoje”.

A decisão de Furlan está em sintonia com a política adotada pelo governo do Estado. Mais cedo, também nesta segunda (6) o governador João Doria (PSDB) prorrogou até o dia 22 de abril o confinamento em todo o território paulista. “Não vamos afrouxar, não”, pediu o gestor barueriense aos moradores da cidade. “Daqui a pouco tudo isso passa, e nós vamos recompor a economia do Brasil e de cada cidadão”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.