Mario Prestes Neto está foragido Foto: Reprodução TV Globo

Na quarta-feira (30), por volta das 18h, o motorista Mario Prestes Neto, de 61 anos, atropelou o ciclista Gilmar Barbosa da Mata, na Avenida Nações Unidas, em Osasco. O ciclista se segurou no capô do carro, por cerca de 2km, soltando-se apenas próximo a um viaduto que dá acesso à Marginal Tietê. O motorista não socorreu a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

A história seria mais uma triste omissão de socorro, entre as tantas que se ouve, não fosse o fato da filha do motorista denunciar o paradeiro do veículo à polícia, que estava em Itapevi. Ela desconfiou do pai e chamou a PM. Neto está foragido e será indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

Nesta sexta-feira (1/9), Gilmar completaria 46 anos. Ele usava pela primeira vez a bicicleta para fazer o percurso entre sua casa, em Osasco, e o Real Parque, em São Paulo. A família pede justiça.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.