Expectativa de vida aumenta 4,8 anos no Estado

0
389
Número de idosos em Barueri aumentou 30,5%. (Foto: Michela Brígida/ Jornal de Barueri)

Estudo da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), divulgado na última semana, com base nos dados do registro civil mostra que entre 2000 e 2018, a vida média no Estado de São Paulo aumentou 4,8 anos. A alta na expectativa de vida se explica, em parte, pela redução da mortalidade infantil, que em 1940 alcançava a impressionante proporção de 25% dos nascidos, caindo para apenas 1,2% em 2018.

Segundo o levantamento, houve também eliminação de mortes precoces em todas as faixas etárias, elevando a duração média de vida no Estado. Outro resultado do estudo, que também contribui para a mesma dinâmica demográfica, é o aumento da expectativa de vida aos 60 e 80 anos, ocorrida entre 1970 e 2018, principalmente em função da diminuição de mortes causadas pelas doenças do aparelho circulatório.

Em Barueri, entre 2012 e 2017, a população com 60 anos ou mais cresceu 30,5%%. O número de idosos saltou de 19.228 para 25.100.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.