“Eu não pude visitá-lo no hospital e nem dar o último abraço”, disse moradora da região que perdeu o pai pela Covid-19

0
1067
Valéria Carvalho perdeu seu pai em abril vítima da doença. Ele tinha 64 anos. (Foto: Arquivo pessoal)

Em uma semana, Barueri anotou alta de mais de 31% nas mortes pela doença

 

Três em cada dez brasileiros conhecem uma pessoa que morreu em decorrência da Covid-19. Foi o que revelou um levantamento feito pela empresa Demanda Pesquisa e Desenvolvimento de Marketing sobre o impacto do coronavírus no Brasil. Os dados foram coletados entre os dias 18 e 21 de abril.

A moradora de Barueri, Ariane Tavares, é uma dessas pessoas. Seu primo, que tinha 45 anos, foi uma das vítimas do novo coronavírus. Segundo ela, o caso se agravou rapidamente. “Ele não tinha nenhuma doença pré-existente. Começou a sentir muita falta de ar, dores no corpo e faleceu muito rápido”, explicou.

Valéria Guedes de Carvalho, moradora de Aldeia da Serra, perdeu seu pai vítima da Covid-19. De acordo com ela, tudo começou com uma queixa de dor de garganta. “Dias depois ele teve febre, perda do paladar e foi identificado com pneumonia. Ao fazer uma tomografia posteriormente, o médico viu que o quadro era típico da Covid-19 e o internou. Ele acabou tendo uma lesão renal, depois foi para o coração e não resistiu”, explicou Valéria.

“Eu não pude visitá-lo no hospital e nem dar o último abraço nele. É uma doença muito triste”, disse emocionada.

 

Alta no número de óbitos

O Estado de São Paulo segue registrando aumento no número de óbitos pela Covid-19. Segundo dados do Governo do Estado, em uma semana, a alta foi de 34,98%. No dia 30 de abril, o estado anotava 2.375 óbitos. Já nesta quinta-feira (7) foram 3.206.

Barueri também anotou crescimento nas mortes pela infecção. Nesta quinta (7), 58 óbitos pela Covid-19 foram registrados, de acordo com boletim divulgado pela prefeitura. Há uma semana eram 44, alta de 31,81%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.