Estado prorroga quarentena e Barueri segue na fase amarela do Plano SP

0
574
De 12 a 18 de julho, a média da taxa de ocupação de leitos de UTI foi de 70%.

Recentemente, município foi considerado um dos dez menos vulneráveis à pandemia na região

 

Nesta sexta-feira (24), o governador de São Paulo, João Doria, prorrogou a quarentena no estado até o dia 10 de agosto. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa, em que também foi realizada a oitava atualização do Plano São Paulo.

A faixa Oeste da Região Metropolitana, a qual a cidade de Barueri está inserida, continua na fase amarela do plano. Nesta etapa, além da abertura de escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias, é permitido o funcionamento de bares, restaurantes, salões de beleza e academias com restrições.

Durante a coletiva, o governo afirmou ainda que, segundo indicadores hospitalares e de evolução da pandemia dos últimos sete dias, verificou-se uma estabilidade com viés de desaceleração em relação à medição anterior.

O acompanhamento estatístico da pandemia mostrou queda de 5% na variação de casos confirmados e de 4% nas internações de pacientes com a Covid-19. O número de mortes também teve redução de 3% na atual classificação.

“Nós não podemos relaxar ou descuidar. Temos que executar o plano com atenção e cuidado. São bons sinais que mostram fortalecimento das medidas que temos adotado, com apoio de prefeitos e prefeitas do estado”, disse Doria.

 

Covid-19 em Barueri

Recentemente, um levantamento feito pelo Instituto Votorantim apontou Barueri como uma das dez cidades da Grande São Paulo com menor índice de vulnerabilidade à pandemia da Covid-19. A pesquisa levou em consideração dados sobre o novo coronavírus, população vulnerável, economia local, estrutura e organização do sistema de saúde e capacidade fiscal da administração municipal.

Apesar disso, é preciso continuar atento em relação a pandemia. Nesta sexta-feira (24), de acordo com boletim epidemiológico da prefeitura, Barueri registrou 3.609 casos confirmados da Covid-19, ante 3.336 no dia 17. O número de mortos chegou a 269 nesta sexta (24). Na semana anterior eram 264.

Em relação a taxa de ocupação de leitos de UTI, de 12 a 18 de julho, a média foi de 70%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.