Como cuidar de pets mais velhos

0
663

É necessário fazer algumas alterações no hábito e na rotina do animal e ficar atento às mudanças de comportamento

 

Apesar de a gente desejar que nosso melhor amigo seja sempre ativo e cheio de energia, em algum momento, a idade vai fazer com que seu comportamento mude. Mas isso não é motivo para não proporcionar conforto e carinho para quem passou a vida toda nos dando muito a amor e gestos de companheirismo e fidelidade. Saiba quais são os cuidados necessários para que o seu pet se torne um velhinho saudável.

Fornecer alimentos de qualidade e ricos em vitaminas e nutrientes deve ser uma preocupação que devemos ter com nosso pet desde o seu nascimento. Quando ele atingir a idade entre 7 e 9 anos, é preciso nutri-lo de acordo com suas novas necessidades. O intervalo entre uma refeição e outra deve ser diminuído para que ele não passe muitas horas sem comer e desenvolva quadros de hipoglicemia.

No entanto, a quantidade de alimento deve ser reduzida. Depois de certa idade, o metabolismo de cães e gatos passa a precisar de um número menor de calorias.

 

Nova fase

A necessidade energética diminui, aproximadamente, 20% em comparação aos pets mais novos. Não deixe de consultar o veterinário para que ele indique a ração mais apropriada para seu amigo e oriente acerca das porções e dos horários das refeições.

A tendência é que os pets idosos desenvolvam sobrepeso por conta dometabolismo, que fica mais lento. A obesidade pode gerar diabetes, problemas na coluna, nos joelhos e enfermidades no coração. Para evitar quadros como esses, mantenha seu amigo ativo, lembrando que ele possui suas limitações físicas e que é preciso respeitá-las.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.