Com a chegada das chuvas, Barueri intensifica ações para combater a dengue

0
609
Equipes de controle de vetor da prefeitura realizam visitas domiciliares (Foto: Michela Brígida/Jornal de Barueri)

Para conter avanço, prefeitura aumenta a divulgação de informações sobre a doença

Em 2019, o Brasil concentrou o maior número de casos de dengue da América Latina, atingindo um recorde histórico. Este dado preocupante foi divulgado no dia 14 pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Para se ter uma ideia da gravidade do problema, de janeiro a outubro, o país teve 1.131.455 casos da doença confirmados laboratorialmente e 702 mortes. No Estado de São Paulo, nos dez primeiros meses do ano, foram anotadas 390.143 ocorrências da doença.

De acordo com dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE)”, coletados pela reportagem, em Barueri, de janeiro a outubro deste ano, 140 pessoas contraíram dengue, sendo 95 autóctones e 45 importadas. No mesmo período do ano passado foram oito casos (entre autóctones e importados), uma alta de 1650%.

Segundo o biólogo, Horácio Manuel Teles, membro do Conselho Regional de Biologia (CRBio-01), as más condições ambientais favorecem a criação do Aedes aegypti e, portanto, a transmissão dos vírus. “A única maneira eficiente de controle é a eliminação dos criadouros dos mosquitos. Os estados e municípios precisam reforçar as estratégias de intensificação da vigilância e campanhas de conscientização, especialmente nessa época do ano”, explicou o biólogo.

Para conter o avanço da doença, principalmente com a chegada do período de chuvas, a Prefeitura de Barueri afirmou que está intensificando as ações com divulgação de informações. “Estamos mobilizando a população para retirada de entulhos e envolvimento da sociedade civil nas ações de prevenção e combate à dengue. Temos também uma equipe de controle de vetor em campo para realização das visitas domiciliares”, explicou a gestão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.