Coleta de esgoto aumenta no País; em Barueri, está próxima de atingir os 100%

0
622
Para ampliar o abastecimento em Barueri, Sabesp realiza obras do Sistema Gênesis na Av. Marcos Penteado de Ulhôa Rodrigues, em Alphaville (Foto: Michela Brígida/Jornal de Barueri)

Segundo levantamento, na cidade, 89,70% da população tem acesso ao esgotamento sanitário. Universalização depende de acordo da Sabesp com município

Dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS 2018), divulgados nesta terça-feira (10) pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, revelaram que o Brasil registrou um aumento de 3,4% na cobertura das redes de água potável em áreas urbanas em 2018. Na cidade de Barueri, segundo o levantamento, o abastecimento de água já é uma realidade para 100% da população.

O documento, que mostra a situação de cobertura do setor no país em água e esgoto, manejo de resíduos sólidos urbanos e drenagem e manejo de águas pluviais urbanas, mostrou também que o número de redes de esgotamento sanitário também teve aumento no Brasil.

De acordo com o diagnóstico, a alta no país foi de 4,1% em 2018, alcançando 325,6 mil quilômetros. Na prática, isto quer dizer que mais 2 milhões de pessoas passaram a ser atendidas. Porém, apesar deste crescimento, apenas 46,3% do volume gerado foi tratado.

Nesse quesito, no município de Barueri, o número de pessoas atendidas com esgotamento chegou a 243.361 mil em 2018, contra 266.351 em 2017. A porcentagem da população atendida com a coleta de esgoto em suas residências é de 89,70%.

Universalização

De acordo a Sabesp, responsável pela coleta e abastecimento de água na região, a universalização, ou seja, fazer com que 100% da população tenha coleta de esgoto, está no radar da empresa. Mas para isto, um plano de investimentos é feito com o município. “No caso de Barueri, as metas já estão estabelecidas no Contrato de Programa assinado junto à Prefeitura, e estão em fase de revisão”, disse em nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.