Cetas recebe 41 animais vítimas de tráfico

0
201
Dentre as espécies resgatados, havia 21 aves, 18 répteis e dois mamíferos. (Foto: Divulgação/Secom Barueri)

Eles foram apreendidos pela Polícia Civil Ambiental. Saiba como denunciar

Recentemente, o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Barueri recebeu 41 animais provenientes de tráfico, que foram apreendidos pela Polícia Civil Ambiental.

Segundo a gestão, dentre as espécies, havia 21 aves (Azulão, Trinca-ferro, Bigodinho, Pixoxó, Corrupião, Cigarrinha-verdadeira e Pintassilgo), 18 répteis (Jabuti-piranga e cobra-do-milho) e dois mamíferos (saguis).

Os animais resgatados serão examinados para verificação do estado de saúde e, dependendo do caso, passam por procedimentos. Após um período de quarentena até a completa recuperação, é iniciado um processo de reabilitação de cada espécie para a soltura no habitat natural.

“Sabe-se que o tráfico acaba fazendo com que de cada 10 animais, nove sejam mortos no caminho. Estamos falando de nove entre 10 que morrem na rota do tráfico, não da apreensão, mas acontece também, porque o animal está sofrendo ainda. O papel do Cetas é estabilizar esse animal, reabilitá-lo e fazer com que ele retorne à natureza o mais rápido, saudável e apto possível”, destacou Erika Sayuri, bióloga responsável pelo Cetas.

Para denunciar comércio ilegal ou maus-tratos, é preciso entrar em contato com a Polícia Ambiental pelo telefone (4789-0905).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.