A deputada Bruna Furlan (PSDB-SP) está em Buenos Aires onde participa do Encontro de Parlamentares Latino-Americanos: Legislação para combater o Terrorismo, promovido pela Associação Mutual Israelita Argentina (AMIA) e o Congresso Judio Latino-Americano, que recorda os 23 anos do atentado terrorista que matou 85 pessoas e deixou mais de 300 feridos no ataque à Embaixada de Israel, em 17 de março de 1992, que matou 22 pessoas e feriu 242.

“Estamos aqui para discutir formas de combater o terrorismo que é um fenômeno transnacional e que cobra cooperação e coordenação entre os países. Além disso, viemos expressar a nossa solidariedade com o povo argentino por conta desta tragédia e do atentado de 1992”, explicou Bruna, presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados.

Emilio Monzó, presidente da Câmara de Deputados, e o chefe de gabinete do presidente Mauricio Macri, Marcos Peña, receberam os parlamentares.

Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.