Bolsonaro propõe que infrator de trânsito possa levar o dobro de pontos antes de perder a carteira

0
306
Medida propõe aumento de cinco para dez anos na validade do documento; idosos terão que renovar CNH de cinco em cinco anos. (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro foi à Câmara dos Deputados na última terça-feira para entregar um projeto de lei que propõe aumentar de cinco para dez anos a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida também pretende passar de 20 para 40 pontos o limite para o motorista perder a carteira, no período de 12 meses, entre outras alterações, e acaba com multa no transporte de criança sem cadeirinha.

A iniciativa de modificar o Código de Trânsito Brasileiro é uma promessa de campanha de Bolsonaro e tem sido anunciada por ele nas últimas semanas. O mandatário foi direto para a sala do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e em seguida os dois foram ao Salão Verde da Câmara falar sobre a proposta. Apesar de conversarem sobre o assunto, Bolsonaro e Maia não responderam a nenhum questionamento da imprensa.

Outra mudança atinge motoristas idosos, com idade superior a 65 anos, que passariam a ter que renovar a carteira e passar por exames de aptidão física e mental a cada cinco anos – e não a cada dois anos e meio, como determina a legislação atual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.